TBC Memória: padre que representou Goiás na Constituinte de 1823

O goiano Silvestre Álvares da Silva era próximo de Dom Pedro I e ingressou na política no ano de 1822, quando foi eleito deputado

Filho de uma ex-escrava com um português, o goiano Silvestre Álvares da Silva foi o único representante de Goiás na Constituinte de 1823. Silvestre foi figura influente na corte e é o personagem desta edição do TBC Memória. Para contar sua história, o programa recebe a professora, pesquisadora e escritora Adélia Freitas.

Aos 20 anos de idade, Silvestre mudou-se com o pai para Jaraguá, mas buscando a ordenação de padre foi morar no Rio de Janeiro, onde foi sacramentado. A casa em Jaraguá, antiga moradia do padre, é uma das poucas construções da cidade que, até hoje, conserva suas características originais. Construída em pau a pique, foi restaurada após ter sido tombada, em 2004, pelo Governo do Estado de Goiás.

Silvestre foi muito rico e era próximo de Dom Pedro I. Ele ingressou na política no ano de 1822, quando conseguiu ser eleito deputado, juntamente com o comendador Joaquim Alves de Oliveira, proprietário da Fazenda Babilônia, que não quis assumir o cargo. Neste período, Silveira destaca-se como um ótimo orador.

Para falar sobre a vida do goiano, o TBC Memória vai ao ar às 12h45, comandado pelo apresentador Enzo de Lisita. Não perca, o programa é transmitido pela TV Brasil Central e também está disponível no canal da TBC no YouTube.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.