SIC disponibiliza vídeos no YouTube para ajudar micro e pequenos empresários a lidar com a crise da pandemia

Subsecretária Desirée Peñalba disse à RBC que são 20 videoaulas com temas que abordam o empreendedorismo e podem ser úteis neste momento de incertezas

A Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo (SIC) está disponibilizando no seu canal no YouTube um total de 20 videoaulas que abordam temas ligados ao empreendedorismo, destinados a dar suporte aos micro e pequenos empresários durante este período de incertezas provocadas pela pandemia da Covid-19. De acordo com a subsecretária de Empreendedorismo e Geração de Renda da Pasta, Desirée Peñalba Machado, novos temas ainda serão adicionados nesta plataforma.

Desirée deu detalhes dos vídeos durante entrevista concedida nesta terça-feira, 16, ao radiojornal O Mundo em sua Casa das Rádios Brasil Central AM e RBC FM. Esta edição foi apresentada por Ernesto Fleury e Luzeni Gomes. A subsecretária lembrou que a SIC já ministrava um curso para aqueles empreendedores que iam tomar o crédito por meio do Programa Goiás Empreendedor, o antigo Banco do Povo. Mas o curso era realizado durante reuniões presenciais. Após o advento da pandemia, se decidiu montar o curso pela Internet, no formato online.

Conteúdo

Ela disse que surgiram outras demandas, porque as pessoas estavam preocupadas em como superar a crise provocada pelo novo coronavírus. Entre o conteúdo oferecido online estão temas como gestão financeira e sobre como abrir o próprio negócio. Foram incluídas outras matérias, desde estratégias para lidar com a ansiedade e o medo apresentadas por especialistas, assim como métodos de inovação e oportunidades, e as linhas de crédito ofertadas pelo Governo do Estado com taxas de juros subsidiadas, tanto do Goiás Empreendedor quanto da GoiásFomento. 

Nestes vídeos a SIC aborda também as mudanças no Simples Nacional e explicações sobre esse sistema de tributação, as oportunidades de exportação, as mudanças nas relações trabalhistas, tributárias e legislativas durante a pandemia, recuperação judicial e falência, entre outros assuntos.

“O mais importante na gestão financeira é a pessoa ter noção do seu caixa, do tempo que consegue ficar sem auferir receita, e fazer um cálculo do que vai precisar durante esse período, até a volta da normalidade”, avaliou Desirée. Ela aproveitou para dar uma dica: utilizar as redes sociais e os canais online de vendas para que as atividades não fiquem paradas totalmente durante a pandemia. Com a dificuldade no atendimento presencial, a Internet tem aberto vários caminhos para quem quer trabalhar, argumentou.

Oportunidade

A subsecretária de Empreendedorismo da SIC afirmou que é necessário entender a crise atual, não só como uma oportunidade empresarial, para expandir os negócios, mas também como uma chance de amadurecimento pessoal. Defendeu que é preciso saber lidar com as emoções e reforçar o lado racional neste momento de dificuldades.

Desirée divulgou o telefone de atendimento da GoiásFomento para aqueles empreendedores interessados nas linhas de crédito da instituição financeira: (62) 3216-4900.

ABC Digital