Semana da Agricultura Familiar começa nesta segunda-feira, 20

Em entrevista à RBC, secretário de Estado da Agricultura informa que este ano a programação é virtual, mas aberta à comunidade; e vai discutir também os efeitos da pandemia na produção de alimentos

No próximo sábado, 25, será comemorado o Dia Internacional da Agricultura Familiar. Desde o ano passado, na semana que antecede a data são desenvolvidas atividades para celebrar esse importante segmento rural goiano. Afinal, os agricultores familiares representam mais de 60% do total do setor no Estado.

Este ano, devido à pandemia da Covid-19, a Semana da Agricultura Familiar, que começa na tarde desta segunda-feira, 20, será realizada de maneira virtual. Foi o que informou o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Antônio Carlos de Souza Lima Neto, durante entrevista concedida ao programa O Mundo em sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM. Ele falou sobre o evento durante conversa com os entrevistadores Marcelo Cabral e Paulo Henrique Santos.

Segundo o secretário, foi montada programação on line para esta edição da Semana da Agricultura Familiar. Todos podem participar através do site da Pasta, com transmissão pelo canal no YouTube da Seapa Goiás. No período da tarde terá uma série de ações, eventos, palestras, transferência de tecnologia e difusão de informações. A programação conta com a participação das jurisdicionadas da Secretaria, tais como Emater, Agrodefesa e Ceasa.

Ampla programação

O evento tem ampla programação, onde podem participar, de forma gratuita, produtores rurais, estudantes, público interessado e sociedade em geral. Eles vão aprender um pouco mais sobre a produção de uma série de itens agropecuários. “Teremos muito conhecimento e muita informação sendo compartilhados”, disse Antônio Carlos. Ele acrescentou que os estudantes, além da oportunidade de adquirir novos conhecimentos, serão certificados pela participação.

Entre os temas dos cursos a serem ministrados estão: boas práticas de produção de leite, manejo de pastagem, produção de camarão de água doce e regularização fundiária. O titular da Seapa destacou que a programação foi discutida com os agricultores familiares e a área técnica da Secretaria envolvida no evento. O propósito é atender o interesse do segmento e, sobretudo, incrementar e ajudar os produtores rurais a, cada vez mais, desenvolver as atividades produtivas dentro de suas propriedades.

Antônio Carlos lembrou que a pandemia da Covid-19 não paralisou as atividades agropecuárias, justamente por estas serem consideradas essenciais ao fornecimento de alimentos para todos os lares. Por isso, a programação da Semana da Agricultura Familiar deste ano também discute os principais cuidados a serem adotados pela propriedade rural no combate ao novo coronavírus, levando em conta a segurança e a saúde. Isso para que os agricultores familiares possam continuar produzindo, desenvolvendo a economia goiana e fornecendo alimentos à população.

ABC Digital