Seduc lança documento com orientações sobre como buscar os alunos perdidos na pandemia

Com a volta às aulas 100% presenciais na rede pública estadual de ensino, cresce também a preocupação com a evasão escolar. Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), 8% dos estudantes não estão frequentando as aulas e a busca ativa é uma prioridade. A Seduc lançou nesta segunda-feira, 18, guia para auxiliar coordenadores regionais, gestores escolares e secretários de educação municipais a reverterem a evasão. Segundo o secretário de educação de Senador Canedo, Marcelo Ferreira da Costa, a fuga de alunos dobrou depois da pandemia e ações estão sendo adotadas para tornar as escolas mais atrativas. Em Aparecida de Goiânia, a busca por estudantes tem diminuído a evasão escolar, conforme o secretário da educação Divino Eterno de Paula. Para o superintendente-executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques, que ministrou palestra para os educadores, envolver a família é fundamental. A secretária Fátima Gavioli destacou que o trabalho deve ser feito em parceria para conseguir bons resultados. Para ela, não basta só buscar, é preciso também corrigir o problema de aprendizagem. “O que nós queremos é deixar de ser só palavras - busca ativa - e implantar isso como política pública”, defendeu.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.