Secretário fala ao TBC 1 sobre seu retorno à pasta da Segurança Pública de Goiás

Rodney Miranda havia se afastado após ser acusado de fazer grampo telefônico ilegal e desviar recursos do Corpo de Bombeiros

A apresentadora Michelle Bouson e o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, nos estúdios da TBC

Quinze dias depois de se afastar do comando da Secretaria de Segurança Pública de Goiás, o secretário Rodney Miranda retomou nesta quinta-feira, 25, à cadeira principal da pasta. 

Ele foi acusado pelo primo do governador Ronaldo Caiado, Jorge Caiado, de realizar grampo telefônico ilegal e se apropriar indevidamente de recursos do Corpo de Bombeiros. As investigações da Polícia Civil não comprovaram as denúncias e Miranda retornou à secretaria em solenidade no Palácio das Esmeraldas, com a participação do governador.

As investigações foram conduzidas por três delegados da Polícia Civil e acompanhamento do Ministério Público. A conclusão das investigações foi apresentada pelo delegado-geral Odair José. Ele detalhou as operações que terminaram com a sugestão de arquivamento do processo ao Judiciário.

Para falar dessa retomada, Rodney Miranda participou da coluna Bate-papo do Dia do telejornal TBC 1. Ele conversou no estúdio da TV Brasil Central com a apresentadora Michelle Bouson. Miranda disse que ele mesmo solicitou as investigações e acertou com o governador seu afastamento da pasta para não ser acusado de interferir na apuração do caso.

Confira todos os detalhes da entrevista:

Visita à ABC

Além de dar entrevista ao TBC 1, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, acompanhado da esposa, Raquel Miranda, foi recepcionado pela presidente da ABC, Sofia Rocha Lima.

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, a presidente da ABC, Sofia Rocha Lima, e a esposa, de Rodney, Raquel Miranda, no pátio da ABC

ABC Digital