Secretaria de Saúde reforça ações contra assédio à mulher no carnaval

Iniciativa é uma parceria da pasta com o bloco carnavalesco Não é Não e busca dar visibilidade ao problema da abordagem indesejada à mulher

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) vai reforçar ações contra o assédio e a importunação da mulher durante o carnaval. Por meio da coordenação de Vigilância de Violência e Acidentes da Superintendência de Vigilância em Saúde da pasta, a iniciativa vai qualificar profissionais de bares, boates e casas de eventos a auxiliar as mulheres vítimas de abordagens indesejadas.

Coordenadora da ação pela SES-GO, Maria de Fátima Rodrigues esteve no Jornal Brasil Central desta sexta-feira (17) abordando o tema. Segundo ela, a ideia é fruto de parceria da secretaria com o Bloco Não é Não, de Goiânia, e busca dar visibilidade ao problema nas festividades de carnaval. Além de conscientizar os homens a evitar o assédio, a ação busca encorajar as mulheres a denunciar esse tipo de violência.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.