Secretário de Agricultura anuncia a abertura da colheita estadual da soja na próxima semana

Evento de inauguração da safra agrícola goiana 2020/2021 será na região de Rio Verde e Montividiu, no Sudoeste, disse Antônio Carlos Neto durante entrevista ao programa Boa Noite Goiás

Será na próxima semana, na região de Rio Verde e Montividiu, no Sudoeste do Estado, o evento de inauguração da safra agrícola goiana 2020/2021, onde acontecerá a abertura da colheita estadual da soja. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 11, pelo secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto. 

Antônio Carlos Neto esteve no estúdio do programa Boa Noite Goiás e concedeu entrevista ao jornalista Paulo Beringhs. Entre os temas abordados, comentou a recriação da Pasta da Agricultura no âmbito do Governo do Estado que, ao lado de suas jurisdicionadas (Emater, Agrodefesa e Ceasa), desempenha o papel de fortalecer o trabalho no campo e colher resultados positivos para a economia goiana, conforme ressaltou o secretário.

O titular da Seapa lembrou que a atividade agropecuária não paralisou em momento algum da pandemia e o Governo do Estado garantiu a essencialidade do fornecimento de alimentos. Esse fortalecimento, que acontece no campo, se distribui na indústria, onde o produto tem seu valor agregado, e ainda apresenta bons resultados. Citou os recordes das exportações goianas, o mesmo ocorrendo na produção de grãos e na atividade pecuária, assim como o destaque da geração de empregos no setor.

Agronegócio 

O secretário reconheceu o trabalho do produtor rural goiano, apontando que sua garra e determinação são “nosso diferencial”. Lembrou que a atividade agropecuária se faz presente nos 246 municípios goianos Por meio dela, a produção industrial aumenta, o comércio local se expande e a economia é movida positivamente, acrescentou. Reafirmou o trabalho de relevância do agronegócio goiano e o apoio do Governo do Estado para que o ciclo se fortaleça mais.

“Hoje temos crédito à disposição acessível para os produtores e estamos trabalhando para que seja bem aplicado e gere bons resultados em Goiás”, declarou. Citou que o Plano de Safra Agrícola é bem estruturado pelo Ministério da Agricultura. Já a Seapa avalia todas as cartas de crédito do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) acima de R$ 500 mil, e que isso impulsiona o desenvolvimento do município e das propriedades rurais.

Agricultura familiar

Mencionou também o trabalho desenvolvido pela Emater, em especial para a agricultura familiar. Informou que, em 2020, mais de R$ 160 milhões foram girados através do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf), onde a Emater é responsável pela elaboração do projeto para a tomada de crédito desses produtores. Falou também sobre os projetos do setor na Assembleia Legislativa (Alego) e sobre o trabalho do Governo do Estado na área de regularização fundiária.

O secretário respondeu as perguntas enviadas pelos telespectadores sobre política ambiental, apoio à pecuária leiteira, ações governamentais em relação às constantes quedas de energia elétrica no setor rural, e defendeu o uso da energia solar, em especial no campo. Outro assunto abordado foi o convênio sobre irrigação firmado entre o Governo de Goiás e a Codevasp, no valor de mais R$ 10 milhões, para desenvolver projetos de irrigação no Estado.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.