Saúde de Goiás reforça pedido por cuidados preventivos contra a dengue

Levantamento da Secretaria Estadual de Saúde apontou que houve um aumento de 60% na infestação do mosquito Aedes aegypti em imóveis desocupados

 A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) tem reafirmado, com suas equipes técnicas, o pedido à população goiana para os cuidados preventivos contra a dengue, no combate ao mosquito Aedes aegypti, e tem reforçado os investimentos no atendimento às pessoas já infectadas.  Dados da  SES-GO mostram que aumentou em 60% a infestação do mosquito em imóveis desocupados, alertando até mesmo aqueles moradores que viajam em férias para que deixem os imóveis limpos e procurem atuar para evitar qualquer tipo de brecha onde possa armazenar água e se tornar um criadouro do mosquito.

Coordenador de Ações contra a Dengue da SES-GO, Murilo do Carmo reforça esse pedido, observando que houve um aumento de 200% no quantitativo de mortes por causa dessa doença este ano em relação ao ano passado. A Brasil Central trouxer matéria nesta quinta-feira (29) e tem mostrado diariamente que já chegam a quase mil o número de mortos pela dengue este ano em Goiás. Murilo recomenda os cuidados básicos, como conversa com os vizinhos, tirar dez minutos diários para cuidar dos locais que podem acumular água,  limpeza das calhas e inspeções rotineiras em vasos sanitários que estejam em desuso e em caixas d’água sem tampa. O governo de Goiás, pela SES-GO, desenvolveu ações preventivas, como a compra de equipamentos, distribuição de insumos para combate ao mosquito, e capacitação dos profissionais da linha de frente, tanto os que combatem o mosquito como os que atendem a população já infectada.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.