Retorno do atendimento presencial no INSS só depois do dia 10 de julho

Os serviços estão sendo feitos via internet ou pelo teleatendimento 135, menos a perícia médica e a avaliação social

O gerente executivo do INSS em Goiânia, Wirley Castro Vargas, e a apresentadora Michelle Bouson, nos estúdios da TBC

O gerente executivo do INSS em Goiânia, Wirley Castro Vargas, confirmou para depois do dia 10 de julho o retorno do atendimento presencial nas agências do INSS em Goiânia, por causa da pandemia do novo coronavírus. Desde março deste ano, em função da pandemia da Covid-19, o atendimento passou a ser virtual, pela internet, ou pelo teleatendimento, pelo 135. Todos os serviços podem ser acessados e muitas questões são encaminhadas e resolvidas através desse formato. As informações foram repassadas, hoje, em entrevista on line à jornalista Michelle Bouson, no TBC 1, da Televisão Brasil Central. 

“Todos os serviços do INSS estão disponíveis através do Meu INSS e do portal 135 (teleatendimento). Os únicos que exigem a presença são a perícia médica e a avaliação social. O INSS está disponibilizando uma antecipação para esses benefícios que estão parados. Todos os segurados estão sendo amparados aí por esses requerimentos. Pelo 135 ele será informado e o atendente mesmo pode fazer o requerimento do benefício para o segurado, das 6h00 até às 22h00, de domingo a domingo, sem intervalo”, afirmou Wirley.

Segundo ele, houve uma diminuição no número de atendimentos nesse período de pandemia, pela dificuldade do segurado em lidar com essas novas tecnologias para acessar o sistema. “Às vezes ele não tem acesso à internet ou não conhece o funcionamento do site”, informou, observando que nesses casos a orientação é para fazer pelo telefone 135. Informou também que a gerência de Goiânia não tem nenhum requerimento acima de 45 dias e os únicos que estão parados são os que necessitam da realização da perícia médica e da avaliação social, que são feitos de forma presencial. 

O retorno se dará objetivamente dia 13 de julho, uma segunda-feira, e será de forma gradual, a começar pela perícia médica, avaliação social e reabilitação profissional. Os demais serviços continuam sendo pelo portal da internet. O retorno do atendimento acontecerá mediante um agendamento, para evitar aglomeração. “Se não tiver feito o agendamento, o segurado não entrará na agência, para a segurança do próprio segurado e também dos servidores”, sinalizou.

A entrevista completa está disponível abaixo:

ABC Digital