Projeto cria marco legal da ciência e tecnologia em Goiás

Proposta foi preparada pela Secretaria de Desenvolvimento e Inovação e prevê apoio às empresas de base tecnológica em todo o estado

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), enviou à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) projeto de lei que cria o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação de Goiás. A proposta estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica.

Titular da Sedi, Marcio Cesar Pereira esteve nesta segunda-feira, 17, no Jornal Brasil Central explicando a proposta. Segundo ele, o projeto vai pavimentar o desenvolvimento de empresas de tecnologia e inovação, tanto para negócios com o próprio Estado quanto para o mercado. O foco do projeto, diz, é a inserção econômica das micro e pequenas empresas.

O texto legal também propõe a descentralização geográfica e econômica das atividades empreendedoras de base tecnológica, com a criação de políticas públicas para as regiões de Goiás com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), promovendo a redução das desigualdades regionais.

Entre as atividades previstas no Marco Legal estão a cooperação entre o governo, as empresas e o terceiro setor; ampliação da competitividade empresarial; fortalecimento dos Institutos de Ciência e Tecnologia; estímulo das atividades de inovação; apoio a inventores independentes; descentralização das atividades de ciência e tecnologia e ampliação de ambientes promotores de inovação e de centros de pesquisa.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.