Programa de Quinta só tem convidados de primeira

Atração da TV Brasil Central abre espaço para a cultura goiana e já está há quase dois anos no ar

O programa é de quinta, mas só tem convidado de primeira. Com esse mote, Mazé Alves e Graça Torres, com a participação especial de Ivan Abdalla, apresentam o Programa de Quinta ao vivo, direto do estúdio da TV Brasil Central, sempre às quintas-feiras, a partir das 15 horas. É um espaço para divulgar a cultura goiana e seus talentos nas mais diversas formas de arte, ao mesmo tempo em que mostra a programação da área para o fim de semana, sugestões de filmes e vídeos nos canais de streaming, dicas de leitura, entre outras atrações.

O Programa de Quinta estreou em fevereiro de 2021. Inicialmente era transmitido às 22 horas nas quintas-feiras. No dia 9 de junho último passou a ser exibido ao vivo direto do estúdio da TV Brasil Central em novo horário, às 15 horas. Recebe convidados da área musical, que se apresentam ao longo da atração, e pessoas do teatro, artes plásticas, ou design, falando de coisas factuais que estão acontecendo na cidade, ou ainda personalidades relevantes do cenário cultural goiano.

Graça Torres é a coordenadora do programa, e também elabora pautas, faz reportagens especiais, redige o roteiro e apresenta ao lado de Mazé Alves, que contribuiu com a produção, junto com outros dois produtores. Ivan Abdalla é o responsável por dois quadros fixos. Um deles é o Agenda Cultural, com as principais atrações do final de semana. O outro quadro é o Pode dar o Play, com dicas de lançamentos de filmes e séries nas plataformas de streaming.

Quadros especiais

O programa apresenta outros quadros especiais, tais como o É de quinta, mas eu gosto, que segundo Graças Torres, “é uma construção engraçada, que fala de uma coisa que a pessoa gosta e não está nem aí”. O quadro Quinta pelo Mundo conta com a colaboração de goianos que enviam vídeos a respeito de atrações culturais de outros países, tais como músicos tocando na praça e exposições de museus. Essa atração já teve participação de vídeos feitos em Paris, Amsterdam e cidades dos Estados Unidos. Outro quadro é o Quinta do Livro, com dicas de leitura e notícias de lançamentos de livros de autores goianos.

“Amo fazer o Programa de Quinta, porque eu já estava cansada do jornalismo diário e do jornalismo esportivo.”, ressalta Graça Torres. Ela diz que é um prazer abrir espaço para a cultura, receber pessoas tão talentosas, divulgar aqueles artistas que não têm espaço na grande mídia e falar da programação cultural. Mazé Alves complementa: “A importância do Programa de Quinta é o fato de falar sobre a cultura goiana, um espaço onde as pessoas podem assistir e apreciar o trabalho de artistas do Estado. Acho que é bem legal por isso, e também pela divulgação das obras”, afirma.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.