Programação especial da TBC destaca o que Goiás tem de bom

Última edição do ano do Brasil Central 24 Horas traz informação, cultura e entretenimento

O ouvinte e o telespectador dos veículos de comunicação da Brasil Central têm a oportunidade de acompanhar, em mais 24 horas de programação especial, um dia inteiro de informação e cultura. Toda a equipe de jornalistas, comentaristas, apresentadores, técnicos e auxiliares que trabalha nos veículos da ABC se mobiliza para levar o melhor da Brasil Central até a sua casa. Estão sendo exibidos programas jornalísticos com a participação de convidados para falar sobre os avanços e investimentos de áreas importantes do Governo do Estado. Também marcam presença na grade estendida políticos que simbolizam a renovação da administração em Goiás.

O teleradiojornal O Mundo em Sua Casa deu o pontapé inicial na programação de 24 horas. Com início às 7h30, contou com a participação dos secretários de Administração (Sead), Alexandre Demartini Rodrigues, do secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Renato Brum e do presidente do Ipasgo, Vinícius de Cecílio Luz. Segundo Demartini, 2022 foi um ano de realizações para Pasta. “Depois de bastante tempo sem, fizemos progressões e promoções para o servidor, retomamos os concursos e promovemos a digitalização dos serviços de atendimento ao cidadão”, comemorou o titular da pasta.

O secretário também destacou a tecnologia e eficiência da nova versão do Portal Expresso, a plataforma de serviços do governo estadual. A ferramenta está disponível em aplicativo, site, terminais de autoatendimento e possui convênio com prefeituras para funcionar em balcões espalhados pelos municípios. Para o ano que vem, Demartini enfatizou a ampliação da capacitação dos servidores públicos por meio da Escola de Governo. “É um trabalho de excelência que a Escola faz, ela é conhecida nacionalmente pela qualidade do serviço”. Ainda segundo o secretário, mais de 59 mil servidores foram capacitados nos últimos quatro anos, número cinco vezes maior do que a gestão anterior alcançou. “O número é expressivo e para o próximo ano a Sead espera não entregar mais do mesmo. Todo processo de transformação e modernização do serviço público é área meio da secretaria de Administração. O serviço não é muito visto, mas o que a gente busca é sempre oferecer para os órgãos e para a população uma estrutura melhor, mais ágil e produtiva’, finalizou.

Segurança

Na sequência, o programa recebeu o secretário de Estado da Segurança Pública, Renato Brum. Ele destacou a redução significativa nos índices criminais, especialmente dos crimes contra a vida, homicídio e tentativa de homicídio. Os crimes contra o patrimônio, especialmente o roubo de veículos, também sofreram quedas importantes. No campo o avanço foi “espetacular”, com redução de mais de 80% nos crimes rurais. Apreensões significativas de drogas também foram ganhos da pasta neste ano. “A nossa segurança pública é referência em todo o Brasil. E tudo isso só foi possível pela integração de todas as forças de segurança que compõem o nosso estado e as federais, como a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal”, explicou Brum.

Em relação ao feminicídio, o secretário destacou o trabalho de prevenção feito pela Patrulha Maria da Penha, batalhão especializado em atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, e falou sobre a importância das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher. “Vamos abrir novas delegacias especializadas em pontos estratégicos. Temos que fortalecer a rede de informação no atendimento às mulheres e combater esse crime covarde”, disse o titular da Pasta. Ainda de acordo com ele, a SSP ofertará oportunidades novas aos concurseiros. “Vamos repor 1.720 homens da Polícia Militar. O concurso da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros está em andamento e a Polícia Técnico Científica também vai abrir um certame”, comemorou o titular da pasta. A SSP concedeu mais de 20 mil promoções em todas as forças de segurança nos últimos quatro anos, só na Polícia Militar foram 14 mil. A valorização motiva o profissional, que trabalha com melhor eficiência”, disse Brum.

O presidente do Ipasgo, Vinícius de Cecílio Luz, também esteve ao vivo pelas rádios Brasil Central AM, RBC FM e pela TV Brasil Central, além do canal do YouTube da emissora. O gestor contou que enfrentou uma corrida contra o tempo para reestruturar a gestão do Instituto. “Tínhamos uma situação financeira complicada, desajuste nas contas, os prestadores de serviço com pagamentos em atraso. Hoje, com muito trabalho e planejamento, a situação está normalizada. A rede credenciada, que consome mais de 90% da arrecadação do Instituto, tem previsibilidade. Em novembro e dezembro nós adiantamos 30% do faturamento que só receberiam em janeiro e fevereiro. Esse adiantamento é inédito”, comemorou o presidente do Instituto. Ainda de acordo com o gestor, o Ipasgo atende 600 mil pessoas, mais de 8% da população de Goiás, e está presente nos 246 municípios goianos. Para 2023, a meta é ampliar os atendimentos.

Cultura

A revista eletrônica da TV Brasil Central emendou a programação especial de 24 horas. O TBC + começou às 9h e recebeu o secretário de Estado da Cultura (Secult Goiás), Marcelo Carneiro, o presidente da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), Euclides Barbo Siqueira, o presidente da Goiás Previdência (Goiasprev), Gilvan Cândido, e o presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Pedro Leonardo.

Na Cultura, Carneiro destacou a volta 100% presencial do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA) em 2022, e a inovação na última edição do Canto da Primavera, o Canto Kids, com participação de crianças de 4 a doze anos. Eventos no interior, como a volta da Mostra Nacional de Teatro de Porangatu (TeNpo) após quatro anos de paralisação, são de extrema importância para levar a arte para fora do circuito. Dentro do programa de interiorização da Cultura, as Cavalhadas receberam investimento de R$ 4,3 milhões. “A felicidade dos cavalheiros ao longo das doze cidades que passamos, foi imensa. Eles sentiram, de fato, o apoio do governo. Ano que vem temos mais quatro municípios a serem contemplados, o circuito pode chegar a 16 cidades”, comentou Carneiro.

Juceg, Goiasprev e Emater

O presidente da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), Euclides Barbo Siqueira, foi o segundo convidado. Ele enfatizou que, para abrir uma empresa no estado até 2018, o tempo era de três a quatro meses e hoje é de até 16 horas. O aumento expressivo no número de empresas abertas neste ano foi destaque durante a entrevista. Goiás abriu mais de 230 mil empresas em 2022 e mantém 1 milhão de empresas ativas. Na sequência, o presidente da Goiás Previdência (Goiasprev), Gilvan Cândido, comemorou o trabalho de facilitação da prova de vida, recadastramento pelo qual os aposentados e pensionistas devem passar anualmente. Por meio de uma parceria com o governo federal, o recadastramento agora pode ser feito digitalmente pelo Portal Expresso.

A participação do presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Pedro Leonardo, encerrou a participação de convidados especiais no TBC+. De acordo com o gestor, aproximadamente 60 mil produtores da agricultora familiar foram atendidos pelas mãos dos extensionistas rurais e técnicos da Emater na execução de políticas públicas neste ano. Ações como crédito rural e fortalecimento a comercialização dos produtos excedentes produzidos pela agricultura familiar são os carros-chefes da Agência. “Isso tem um desdobramento importante para o consumidor final. Ao promover o fortalecimento das cadeias produtivas da agricultura familiar, o primeiro resultado é aumentar a quantidade desses produtos no mercado. E o aumento de oferta tem como resultado a redução de preços da cesta básica”, explicou Pedro.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.