Procon Goiás abrirá processo contra a Enel

A Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon Goiás) anunciou nesta terça-feiira, 5, que vai abrir um processo administrativo contra a Enel pelo mau atendimento aos consumidores goianos durante os últimos blecautes de energia. Na última semana, alguns bairros da capital chegaram a ficar mais de 40 horas sem energia. Além da demora na retomada do fornecimento, consumidores reclamam da dificuldade em registrar reclamação nos canais oficiais da empresa. Na ação coletiva que o Procon moverá contra a concessionária, a multa pode chegar a R$ 9 milhões.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.