Presos três suspeitos da morte de jovem cujo corpo foi encontrado no Setor Jaó

A Delegacia de Homicídios de Goiânia concluiu as investigações do Caso Ariane no prazo de 15 dias. Ariane de Oliveira, de 18 anos de idade, desapareceu no Lago das Rosas no último dia 4 de agosto e seu corpo foi encontrado no dia 30 do mesmo mês. Após as diligências policiais, foram presas na última quarta-feira, 15, três pessoas suspeitas de cometer o assassinato: um homem e duas mulheres. A polícia chegou aos suspeitos após identificar o carro que deixou o corpo da jovem no Setor Jaó e também quem o dirigia. O motorista confessou o crime e apontou mais duas pessoas que tiveram envolvimento na morte de Ariane.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.