Governo de Goiás anuncia mais de 30 obras rodoviárias para este ano

Pedro Sales, da Goinfra, explica que parceria com iniciativa privada viabiliza projetos executivos, agiliza os trabalhos e desonera o Estado

O presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Henrique Ramos Sales, informou que em 2021 haverá aumento dos investimentos em obras rodoviárias, incluindo serviços de recuperação, pavimentação e duplicação de trechos em regiões econômicas importantes para Goiás. Em entrevista aos apresentadores Paulo Henrique Santos e Débora Orsida no programa O Mundo em Sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM, o dirigente da Goinfra enfatizou que há demandas legítimas da população e das classes produtores e o governador Ronaldo Caiado quer total empenho no atendimento.

Segundo Pedro Sales, o Governo Estadual estabeleceu uma parceria muito importante com a iniciativa privada que se responsabiliza pela contratação e elaboração dos projetos executivos, ficando a cargo da Goinfra apenas a licitação e execução das obras. “Essa participação da iniciativa privada é fundamental. Tanto que, até o fim do primeiro semestre já vamos ter projetos executivos para recuperação de mais de 400 quilômetros de rodovias, incluindo modernização do pavimento e duplicação de trechos”, adiantou. Um exemplo é a duplicação dos trechos Rio Verde-Montividiu e Itumirim-Serranópolis, que são de grande interesse dos produtores rurais daqueles municípios. Sales disse que ao todo serão mais de 30 obras em todo o Estado.

Mais obras

O presidente da Goinfra destacou também as obras em andamento, como a recuperação da GO-108 que vai beneficiar a cidade de Posse e outros municípios da Região Nordeste. Ele informou também que será elaborado projeto executivo de duplicação de trechos daquela rodovia. Pedro Sales informou também sobre tratamento a ser dado à GO-118, no trecho Alto Paraíso-Teresina de Goiás, São João D’Aliança-Alto Paraíso (corredor turístico) e Teresina-Cavalcante. Outros dois trechos rodoviários também deverão ser duplicados ainda este ano. A GO-010 até quase a entrada de Bonfinópolis, única saída de Goiânia que não é duplicada; e ainda um trecho na entrada de Catalão, incluindo a construção de trincheira e viaduto.

Outra frente de trabalho da Goinfra está focada na revitalização de aeródromos, como ocorreu recentemente com a unidade de Santa Helena. Conforme Pedro Sales, muitos outros aeródromos que estão desativados ou em mau estado de conservação serão revitalizados. “A meta do Governo é modernizar os aeródromos de Goiás, viabilizando o aumento do tráfego e até a criação de rotas regionais já que muitos empresários, quando vão avaliar localidades para fazer investimentos, consideram esse item como fundamental.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.