Prefeitura de Goiânia já realizou 40 mil testes e pretende chegar aos 100 testes para detectar a Covid-19

Superintendente Yves Mauro disse que, se for necessário, poderá estender a testagem, mas que isso vai depender da evolução da epidemia

O superintendente da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, Yves Mauro Fernandes, e a apresentadora Henaura Avelar, nos estúdios da TBC

Em entrevista nesta quarta-feira, 26, ao TBC 1, da Televisão Brasil Central, o superintendente da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, Yves Mauro Fernandes, informou que já foram feitos 40 mil testes em várias regiões de Goiânia e que a intenção é chegar aos 100 mil testes e, dependendo da evolução da epidemia, avaliar se será necessário prosseguir com a testagem. Segundo ele, o caminho da testagem foi um acerto, porque há grande procura, mostrando que a população tem interesse na testagem, para saber se tem ou não o novo coronavírus.

“A gente está satisfeito com o resultado e estamos buscando mais regiões, que ainda não receberam, para fazer essa ação nas próximas semanas. Como é uma testagem pontual, para verificar se o paciente tem o vírus naquele momento, o objetivo principal é interromper a cadeia de transmissão, ou seja, identificar aqueles casos, principalmente os assintomáticos, que tenham o vírus e essas pessoas irão passar para o isolamento domiciliar, para que não transmitam a outras pessoas” salientou. 

Ele disse que a consequência aparece no intervalo de 15 dias, que é o prazo para a pessoas se infectarem, passando pela incubação do vírus e o desenvolvimento da doença, para verificar se se consegue reduzir a internação. “Como iniciamos essa ação no início de agosto, pretendemos observar uma pequena redução nas internações, baseada nessa testagem ampliada a partir deste momento agora”, observou Yves.

Testagem continua

Ele informou que a testagem vai continuar esta semana na região Sul, no Cepal do Jardim América e na Escola Mont Clair, até sexta-feira. O trabalho está sendo finalizando hoje na Vila Paraíso e amanhã vai começar no Parque de Exposições Agropecuárias, indo de quinta a sábado. Na próxima semana, vai para a região Norte, região Oeste, Recanto das Minas Gerais e também na região do Balneário.

Disse que foram escolhidas as regiões que mais preocupam, pelo maior número de casos e citou Campinas, Centro, Sul, Setor Bueno e Jardim América. A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Goiânia vai testando e fazendo avaliação. “Na próxima semana, voltaremos para a região Norte, a região do Balneário, para identificar precocemente e interromper a cadeia de transmissão”, informou, acrescentando que a previsão é a de realizar mais de 100 mil testes, mas que foram contratados aproximadamente 120 mil testes. Disse ainda que, se for necessário, poderá estender a testagem, mas que isso vai depender da evolução da epidemia.

Confira todos os detalhes na íntegra da entrevista:

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.