Prefeitura de Aparecida de Goiânia inicia testagem ampliada da Covid-19 pelos bairros Independência Mansões e Buriti Sereno

Em entrevista à RBC, o superintendente de Atenção à Saúde do município disse que estes são os bairros com maior número de casos ativos da doença e de pessoas cumprindo quarentena

No início desta semana, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia começou mais uma ação: ampliar a testagem da população para a Covid-19. O objetivo é fazer o diagnóstico precoce, e assim poder evitar o agravamento dos casos e das mortes causadas pela doença.

Até a próxima sexta-feira, 31, agentes de combate a endemias e comunitários de saúde farão um arrastão nos bairros da cidade mais afetados, com visitas de casa em casa, em uma busca ativa de pessoas com sintomas, para encaminhá-las ao exame RT-PCR na unidade de saúde mais próxima.

De acordo com o superintendente de Atenção à Saúde da Prefeitura de Aparecida, Gustavo Assunção, os bairros que estão recebendo as visitas esta semana são: Independência Mansões e Buriti Sereno. Eles registram o maior número de casos ativos da doença e de pessoas cumprindo quarentena. Gustavo concedeu entrevista nesta quarta-feira, 29, ao programa O Mundo em sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC. Na oportunidade, detalhou a ação.

Abordagem

Na conversa com os apresentadores Jerônimo Venâncio e Rafael Mesquita, o superintendente ressaltou que, por medida de segurança, os agentes de saúde respeitam o isolamento social e não entram nas casas dos moradores visitados. A abordagem é feita na porta da casa mesmo, com distanciamento de 1,5 metro, visando identificar as pessoas sintomáticas ou não, ou que tiveram contato com algum caso positivo (da Covid-19), para encaminhamento a atendimento próprio na unidade de saúde mais próxima.

Os agentes de saúde da Prefeitura estão uniformizados, portam crachá de identificação e estão todos paramentados, com capotes e máscaras. Gustavo lembrou ainda que eles levam orientação de qualidade e muitos deles já têm vínculo com a população. Lembrou que na unidade de saúde a pessoa encaminhada passará por uma espécie de validação. Equipe formada por médicos e enfermeiros realizará uma segunda abordagem para que a pessoa possa fazer a testagem.

Questionado se o resultado desta testagem em massa poderá influenciar a decisão da Prefeitura de permitir ou restringir as atividades econômicas no município, Gustavo Assunção respondeu que a ação adotada propicia a possibilidade de entender o comportamento do vírus na cidade. É uma fonte que permite entender as mudanças de cenário (da pandemia), aliada à taxa de ocupação de UTIs e ao índice de isolamento social. “Mas, nesse momento, nós estamos no cenário amarelo aqui”, afirmou.

Unidades de saúde

De acordo com o superintendente, Aparecida de Goiânia possui 40 unidades básicas de saúde, sendo que as pessoas podem procura-las para fazer o teste da Covid-19. Hoje as unidades de Santa Luzia, Tiradentes, Expansul, Pontal Sul, Garavelo Park e Independência Mansões estão fazendo a testagem, mediante critérios.

O agendamento é feito pelo telefone 0800 646 1590. Entretanto, alertou que é preciso apresentar algum sintoma gripal ou da Covid-19, tais como perda de paladar e febre. Pessoas com comorbidades (diabéticas e hipertensos) e profissionais da segurança pública e da saúde também têm prioridade para agendar o teste, informou.

ABC Digital