Prefeito prorroga decreto de calamidade pública na capital

Procurador municipal Breno Kelvis disse no TBC1 que a decisão de Iris Rezende permite a continuidade de contratos emergenciais na pandemia

O prefeito Iris Rezende (MDB) publicou decreto prorrogando o estado de calamidade pública em Goiânia por 180 dias. A medida tornada pública na quarta-feira, 9, atende a um pedido da equipe de transição do prefeito eleito Maguito Vilela (MDB) para estender contratos emergenciais, especialmente na área da saúde.

O procurador do município, Brenno Kelvys, falou ao telejornal TBC2 sobre o assunto. Em entrevista por videochamada ao apresentador Guilherme Rigonato, Kelvys disse que a prorrogação do estado de calamidade até junho suspende os efeitos da Lei de Responsabilidade Fiscal e facilita a continuidade de serviços de combate à pandemia de coronavírus na cidade.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.