OVG encerra amanhã campanha Aquecendo Vidas para a proteção de pessoas vulneráveis

Diretora de Ações Sociais, Jeane Abdala falou ao O Mundo em Sua Casa que, mesmo com o fim da campanha, as doações podem ser feitas

A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) encerra amanhã, 10, a campanha Aquecendo Vidas, que arrecada itens para a proteção contra o frio e de higiene a serem distribuídos a pessoas em situação de vulnerabilidade, a entidades que cuidam dessas pessoas e também àquelas que acolhem idosos, crianças e viciados em tratamento. Além disso, a OVG e o Gabinete de Políticas Sociais do Governo do Estado adquiriram 50 mil cobertores, que também estão sendo distribuídos a esse público carente. A diretora de Ações Sociais da OVG, Jeane Abdala, falou hoje ao programa O Mundo Em Sua Casa, das Rádios Brasil Central AM e RBC FM, comandado por Lucas Nogueira e Marcelo Cabral, observando que mesmo com a campanha encerrada as pessoas podem continuar doando.

A campanha começou dia 26 de maio e vai até amanhã e, com a participação da sociedade, foram arrecadados cobertores, agasalhos, roupas de cama e itens de higiene pessoal que serão doados às pessoas em situação de vulnerabilidade. “A campanha se encerra amanhã, dia 10 de junho, mas aqueles que quiserem doar podem se dirigir à OVG e levar sua doação”, observou Jeane, agradecendo a todos que fizeram doações nos 11 pontos de arrecadação na capital, alguns inclusive em drive thru. 

Segundo ela, a OVG e o Gabinete de Políticas Sociais adquiriram 50 mil cobertores, que estão sendo distribuídos para todos os 246 municípios goianos. “Em tempo de pandemia percebemos que a população está mais solidária. Isso é um diferencial, essa solidariedade goiana”, disse, observando que além de cobertores, agasalhos e roupas de frio, foram doados também itens de higiene pessoal, álcool, máscaras e tudo para a prevenção da pandemia, objetos que foram encaminhamos para as entidades que cuidam das pessoas.

A distribuição em Goiânia é feita pela OVG, Corpo de Bombeiros, voluntários e organismos outros do Governo de Goiás. Para os municípios vão através das prefeituras e organismos municipais. Em Goiânia, foram realizadas doações em pontos onde há pessoas em situação de rua, uma ação específica no aterro sanitário de Aparecida de Goiânia, para mais de 750 famílias, também nas casas de acolhida. “Continuamos essa estratégia nos assentamentos, comunidades quilombolas, e também nas dependências que acolhem dependentes químicos, idosos e crianças. Chegamos àquelas pessoas que são realmente vulneráveis e precisam”, afirmou Jeane.

ABC Digital