Nutrólogo esclarece sobre alimentação saudável durante a quarentena no TBC 1

Ribamar Cruz sugere variar os alimentos no dia a dia de forma a balancear nutrientes, além de controlar ansiedade e fazer um mínimo de exercícios físicos

A apresentadora Danila Bernardes e o nutrólogo Ribamar Cruz, nos estúdios da TBC

Com as pessoas ficando confinadas em casa durante a pandemia de coronavírus, crescem a ansiedade, o sedentarismo e a alimentação desbalanceada, fatores que afetam diretamente a imunidade do organismo. Para falar sobre como driblar principalmente a alimentação desregrada, o nutrólogo Ribamar Cruz participou nesta quinta-feira, 16, do quadro Bate-papo do Dia do telejornal TBC 1 da TV Brasil Central.

Ribamar Cruz deu dicas de substituição de alimentos com alto teor de açúcar e gordura por outros mais naturais que mantenham a saciedade entre as refeições, evitando-se o famoso “comer fora de hora e toda hora”. Ele sugeriu também uma combinação de atividades sociais ou culturais que diminuam a ansiedade e manter um mínimo de exercícios físicos, mesmo dentro de casa. 

“O importante é você fazer substituições inteligentes. As oleaginosas, por exemplo, são excelentes opções. Você pode comer porções de 30 gramas de castanha do Pará, castanha de caju ou nozes e ter um bom nível de gordura monossaturada, que tem a qualidade de esvaziamento gástrico mais lento e, portanto, você se sentirá mais saciado. Frutas como abacate também são boas opções nesse sentido”, disse o nutrólogo.

A primeira parte da entrevista você confere abaixo:

Carboidratos

Na segunda parte da entrevista sobre alimentação saudável na quarentena, o nutrólogo Ribamar Cruz falou também de alimentos ricos em carboidratos, grandes responsáveis pelo ganho de peso. Para ele, essa é outra área da alimentação onde também dá para ter produtos substitutos com vantagens. 

“As pessoas se acostumam a só comer um tipo de carboidrato, como arroz e macarrão, mas você pode utilizar uma abóbora cabotiá, utilizar uma mandioca, uma batata doce, todos esses são ótimas opções de carboidratos também”, sugeriu. 

Na seção de perguntas dos telespectadores, Ribamar Cruz falou da importância dos chás tanto para ajudar a reduzir a ansiedade quanto para cumprir a função de saciedade. Ele abordou ainda o café da manhã, que pode variar de pessoa para pessoa, mas mantendo-se o menor nível de calorias possível, e a importância das frutas como fonte de vitaminas que vão ajudar a manter a imunidade do organismo.

A segunda parte da entrevista está disponível abaixo:

ABC Digital