Nova edição do Programa Sanear vai até 30 de dezembro

Diretor comercial da Saneago, Marcos Roberto Santos, explicou na RBC as condições diferenciadas dessa nova etapa de renegociação dos débitos de água e esgoto

A Saneago lançou esta semana a nova edição do Programa Sanear, voltado para clientes que possuam débitos relacionados à prestação de serviços de abastecimento de água e/ou esgotamento sanitário, até a referência de setembro de 2020. O diretor comercial da Saneago, Marcos Roberto Custódio Santos, concedeu entrevista, nesta quarta-feira, 2, ao programa O Mundo em sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM, apresentado por Gil Bomfim e Paulo Henrique Santos, para dar mais detalhes sobre essa iniciativa.

Segundo ele, essa nova edição do Programa Sanear estabelece condições diferenciadas para quitação de débito nas faturas que têm o vencimento de setembro de 2020. O programa teve início no dia 30 de novembro último e vai até 30 de dezembro. “É uma oportunidade para quem está com sua conta de água e esgoto vencida”, afirmou. O interessado deve procurar uma das agências de atendimento da Saneago, através do Vapt Vupt da sua cidade, ou então entrar no site da Saneago (www.saneago.com.br), para efetuar a negociação.

Condições

O diretor da Saneago informou que, nessa negociação, o cliente pode optar por pagamento a vista, com até 98% de desconto sobre multa, juro e correção monetária incidentes nas faturas vencidas. Se escolher pagar parcelado, o desconto passa a ser progressivo, vai de 50% a 75%, E é possível pagar em até 60 vezes.

Ele destacou que o programa, de fato, está numa condição bem diferenciada. O valor de entrada mínimo é de 10% do total. E quem já negociou o débito com a Saneago uma vez, mas já conseguiu pagar em torno de 50% do total,  pode renegociar novamente.

Marcos Roberto lembrou que a Saneago suspendeu o corte do fornecimento de clientes em débito com a fatura desde março último, por causa da pandemia. E até hoje o corte continua suspenso. Entretanto, a inadimplência registrada cresceu bastante.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.