Moda goiana terá crédito de R$ 300 milhões

Governador anunciou a medida no lançamento da Semana da Moda Goiana, marcada para o fim de agosto na capital

O governador Ronaldo Caiado anunciou nesta terça-feira (3) uma linha de crédito de R$ 300 milhões exclusiva para a cadeia da moda goiana. Caiado falou da novidade no lançamento da Semana da Moda Goiana, evento que será realizado no fim de agosto, em Goiânia. A linha de crédito terá origem em recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO).

O governo estadual tem projetos direcionados ao apoio das cadeias produtivas de moda em diversas regiões do estado, por meio do programa Arranjos Produtivos Locais do Estado de Goiás (APL Goiano). Entre as ações, estão cursos nos Colégios Tecnológicos (Cotecs), com investimento de R$ 30 milhões. Outro investimento da gestão é a aquisição de 10 máquinas de corte a laser, que custarão R$ 14,5 milhões. A primeira máquina chega neste mês na cidade de Jussara.

O governador ressaltou que a linha de crédito do FCO ao setor será três vezes maior do que no ano passado, num esforço de auxiliar os empresários e trabalhadores da moda a retomarem suas atividades com mais vigor no pós-pandemia.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.