Matéria do TBC 1 enfoca a liderança nacional de Goiás no ensino médio na avaliação do Ideb

Goiás foi o Estado brasileiro com o melhor índice no ensino médio e teve ainda boa avaliação nas duas fases do ensino fundamental

A repórter Denyse Parreira, em participação ao vivo no TBC 1

A rede estadual de Goiás conseguiu 4,7 e ficou em primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no Brasil. O Ministério da Educação fez coletiva hoje para anunciar o resultado, que relaciona o desempenho de estudantes em provas de matemática e língua portuguesa aplicadas pelo Ministério. Esse resultado significa que Goiás obteve, nos últimos dois anos, avanços consideráveis no aprendizado do ensino médio da rede estadual, porque ultrapassou a meta do Ideb que é de 4,4. O TBC 1 desta terça-feira, 15, fez uma grande matéria explanando os detalhes dessa conquista goiana.

O Ensino Médio de Goiás se destacou também quando somadas as redes municipais e estadual, obtendo uma média de 4,8 e dividindo a primeira colocação com o Espírito Santo. Houve avanço em Goiás também no ensino fundamental, com a primeira fase ficando com uma avaliação de 6,2 e, do 6º ao 9º ano, a média de Goiás foi de 5,3. O índice do Ideb varia de 0 a 10 e foi criado em 2007.

Os dados referentes a 2019 levaram em conta a matrícula de 7,5 milhões alunos em 28,8 mil escolas de todo o Brasil. O Ideb, criado a partir de decreto federal em 2007, é divulgado a cada dois anos. Trata-se de um monitoramento da qualidade do sistema de educação no país, que relaciona o desempenho dos estudantes em avaliações externas de larga escala com dados de fluxo escolar. A última apresentação do Ideb será em 2022, com informações que serão coletadas no ano que vem. O governo federal trabalha para a implantação de uma nova metodologia a partir de então.

Confira a íntegra da matéria:

Entrevista no TBC 2

Um pouco mais tarde, o telejornal TBC 2 contou com a participação ao vivo da secretária de Educação, Fátima Gavioli, que falou sobre os números positivos alcançados por Goiás. Confira a entrevista:

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.