Marco Legal da Inovação vai incentivar a ciência e a tecnologia em Goiás

Secretário de Desenvolvimento e Inovação, Márcio César Pereira, explicou sobre a legislação no Jornal Brasil Central Edição da Noite

O Governo de Goiás sancionou a lei que criou o Marco Legal da Inovação, publicado no Diário Oficial em 8 de novembro, que estabelece uma série de medidas de incentivo à inovação e pesquisa científica, além de capacitação tecnológica e desenvolvimento do sistema produtivo. O secretário de Desenvolvimento e Inovação, Márcio César Pereira, foi o entrevistado do Jornal Brasil Central Edição da Noite desta quarta-feira (16) e explicou sobre a legislação. Ele comentou que poucos estados já estruturam uma regulamentação na área. “Em 2019, o governo já tinha lançado um decreto para regulamentar o marco da inovação federal e, agora, foi estruturado em formato de lei. Isso facilita a fomentar o mercado da ciência e tecnologia e inovação. Cria uma segurança jurídica para apoiar um produto que está sendo criado, por exemplo”, contou.

Ele seguiu explicando que as leis abrem uma série de possibilidades para que pessoas físicas ou pequenas empresas que resolvam inovar tenham segurança nessa inovação, como para patentear a invenção e se associar com o governo de forma mais fácil. O secretário destacou também que o trabalho não se limita a produtos ligados à informática e tecnologia da informação, e pode ser estendido para a área agrícola. “Em Goiás há muita inovação no campo, conseguimos produzir muito mais em um espaço menos de terra que em outros estados”, exemplificou.

“Trabalhamos muito nesses últimos quatro anos, formatando toda essa estrutura, e esses próximo quatro, que virão, já têm muita coisa planejada. Um grande destaque é um projeto chamado Goiás de Fibra, em que nós vamos conectar, com fibra ótica, todos os municípios goianos. E, partir daí, muitas coisas vão acontecer, com essa conectividade, por exemplo, banda larga de alta performance em prefeituras, hospitais, escolas. Goiás deve se destacar fortemente, nos próximos anos, como protagonista na Inovação no Brasil”, concluiu.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.