Juntos pelo Araguaia já conta com aporte de mais de R$ 43 milhões

Em entrevista à RBC, subsecretária da Semad disse que recursos são provenientes de três empresas parceiras; programa visa recuperar 10 mil hectares na região da bacia do Alto Araguaia em GO e no MT

O programa Juntos pelo Araguaia, uma iniciativa dos governos federal e estaduais de Goiás e Mato Grosso junto com empresas, será colocado em prática para garantir a recuperação ambiental da bacia do Alto Araguaia. Até o momento mais de R$ 43 milhões foram captados junto a três empresas parceiras para os investimentos.

A subsecretária de Desenvolvimento Sustentável, Proteção Ambiental e Unidades de Conservação da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Vanessa Schmitt, falou sobre o assunto nesta sexta-feira, 21, no programa O Mundo em sua Casa. O noticioso é transmitido pelas rádios Brasil Central AM e RBC FM.

De acordo com a subsecretária, o programa visa recuperar 10 mil hectares nos dois Estados participantes – Goiás e Mato Grosso. Adiantou que ele vai trabalhar efetivamente com toda a parte de recomposição do solo, inovação na recomposição florestal, desenvolvimento sustentável e pelo fortalecimento do agronegócio na região; e também com o enfrentamento das mudanças climáticas.

Projeto grandioso

Ressaltou que se trata de um projeto grandioso. “Estamos falando de mais de R$ 600 milhões, se computarmos Goiás e Mato Grosso”, disse. Acrescentou que, para nosso Estado, estão previstos mais de R$ 311 milhões. De acordo com ela, desde o início o programa contou com o interesse do governo federal, como apoiador, e também das empresas privadas.

Informou que foram captados até hoje mais de R$ 43 milhões. Isso através da plataforma Market Place, onde o setor privado aporta recursos financeiros diretamente no setor privado que são as entidades executoras credenciadas pela Semad. Os aportes, até o momento, foram feitos pelas empresas Anglo American, Hypera Pharma e Rumo Logística.

“São empresas de ramos diferentes que acreditaram no nosso projeto, e que sabem da importância do Rio Araguaia para o nosso Estado e o nosso País”, declarou. Vanessa Schmitt disse ainda que o Governo de Goiás criou um selo com o objetivo de reconhecer os parceiros desse programa, considerado importante para a revitalização da bacia hidrográfica do Araguaia.

Reabertura dos parques

A subsecretária da Semad comentou ainda a decisão da Pasta de reabrir os parques estaduais para a visitação do público, respeitando os protocolos de segurança da Covid-19. Segundo ela, nesse momento de pandemia e de alto estresse, é importante ter contato com a natureza, fazer uma trilha e ouvir o barulho revigorante de uma cachoeira. Também apontou a preocupação da Pasta com a sustentabilidade das comunidades próximas aos parques estaduais, pois elas dependem da atividade turística.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.