Jornal Brasil Central Edição da Noite agora é comandado por Danuza Azevedo e Túlio Isac Filho

Mudança tornou o informativo mais dinâmico, duração do jornal passou a ser de uma hora e fortaleceu o jornalismo da TBC ao reunir dois profissionais competentes

Desde a última quarta-feira, 22, o jornalismo da TV Brasil Central tem novidade para o telespectador. O Goiás Contra o Crime e o Jornal Brasil Central Edição da Noite se uniram em um só programa, ainda mais completo e dinâmico. Com isso, a bancada passou a ter dois apresentadores. Túlio Isac Filho e Danuza Azevedo, dois profissionais competentes, passaram a comandar o noticioso.

Com isso, o Jornal Brasil Central Edição da Noite agora tem duração de uma hora, e vai ao ar das 17h30 às 18h30, de segunda a sexta-feira. A apresentadora Danuza Azevedo deu boas-vindas ao novo colega de bancada. Segundo ela, com a integração dos dois programas o jornal televisivo vai ficar mais dinâmico e ágil, e também mais abrangente, pois passa a agregar as notícias locais e do Estado com as novidadades da área policial.

Túlio Isac Filho ressaltou que nesse novo projeto o Goiás Contra o Crime não acaba, mas estará dentro do Jornal Brasil Central Edição da Noite, com ele e Danuza Azevedo. Ele avisou o telespectador: “Você vai estar sempre sabendo tudo também que acontece na Segurança Pública do Estado de Goiás, principalmente das notícias do nosso Estado, o que o Governo tem feito para melhorar a vida do cidadão, a Bronca do Povo e muito mais”.

O presidente da Agência Brasil Central, Reginaldo Júnior, destacou que todas as mudanças na programação da TV Brasil Central, sejam a estreia de novos programas ou a integração de outros, como é o caso do Goiás Contra o Crime e o Jornal Brasil Central Edição da Noite, têm o propósito de oferecer aos goianos, cada vez mais, um jornalismo forte e dinâmico, que atende às necessidades dos cidadãos em termos de informações corretas. Lembrou ainda que isso se tornou mais importante devido ao momento atual da proliferação das fake news. Por isso, é tão necessário fazer jornalismo sério e competente, afirmou.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.