João de Deus retorna para prisão domiciliar em Anápolis

A Justiça de Goiás determinou que o médium João Teixeira deixe o presídio de Aparecida de Goiânia para prisão domiciliar em Anápolis. Preso em dezembro de 2018, João de Deus foi condenado por crimes sexuais contra 10 mulheres. Outras 12 acusações seguem em análise na justiça. A defesa do médium alegou no pedido que, além da idade (80 anos), ele sofre de doenças crônicas atestadas por junta médica.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.