Indústria cresce no interior do Estado

Setor industrial goiano tem se expandido na capital, mas principalmente nas cidades do interior, levando emprego e desenvolvimento para várias regiões goianas

O endereço da maioria das indústrias estabelecidas em Goiás está no interior, conforme mostrou reportagem exibida no Jornal Brasil Central Edição da Noite desta segunda-feira (31). A capital abriga 7.224 indústrias, contra 12.837 instaladas em cidades menores.

Em Rio Verde, a chegada de grandes indústrias do setor agropecuário alavancou o Produto Interno Bruto (PIB) do município para quase R$ 10 bilhões entre 2010 e 2019. Aparecida de Goiânia e Senador Canedo, cidades vizinhas da capital, expandiram seus polos industriais na última década. Com isso, os dois municípios viram seu PIB mais que dobrar.

Mais emprego e renda

O secretário de Indústria e Comércio, Joel Sant’Anna, explica que o fato das indústrias se instalarem no interior de Goiás é importante para levar a essas cidades mais qualidade de vida, com emprego e renda. E assim a população não precisa se deslocar para as grandes cidades e ter gastos com transporte.

O secretário destaca a expansão do setor industrial, que já representa 27% do PIB goiano. Ele ressalta também o trabalho do Governo de Goiás para atrair novas empresas. “A Secretaria da Indústria e Comércio vem trabalhando diuturnamente. Nós estamos com um projeto de crescimento de implantação de várias novas empresas. Nós não paramos”, afirmou.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.