Governo Estadual autoriza emissão de mais 11 mil CNH Social em 2021

Programa garante obtenção da Carteira Nacional de Habilitação sem custo para os beneficiados. Matrícula on line dos inscritos na fase anterior termina nesta quinta-feira, 7/1

A coordenadora do Programa CNH Social, Ednalva Garcia, disse que o governador Ronaldo Caiado autorizou o atendimento de mais 11 mil interessados na obtenção da Carteira Nacional de Habilitação em 2021, por meio do Programa CNH Social. Ela fez o anúncio hoje, 6, durante entrevista no programa O Mundo em Sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM. O CNH Social, subsidiado pelo Governo de Goiás, permite às pessoas de menor renda obterem a primeira via da Carteira Nacional de Habilitação (A ou B) e também mudar de categoria.

A coordenadora do programa aproveitou para alertar as pessoas que fizeram inscrição ao longo do ano passado para que fiquem atentas ao prazo de matrícula on line, que termina nesta quinta-feira, 7. Segundo ela, dos 4.014 classificados na última fase, apenas 2.374 efetuaram a matrícula. Portanto, 1.640 ainda não tomaram essa providência. “O Detran não manda e-mail, nem pratica outras formas de comunicado. A pessoa precisa entrar no site do órgão (www.detran.go.gov.br) e fazer o agendamento do atendimento. No interior, os interessados podem procurar as agências do Vapt Vupt ou as Ciretrans, para abrir os processos”, explicou.

Importância social

Ednalva Garcia falou da importância da CNH Social, lembrando que o custo para obtenção do documento gira em torno de R$ 1.700,00 a R$ 1.800,00. Portanto, trata-se de uma ajuda considerável para quem precisa. De acordo com as normas do projeto, quem se encaixar nos requisitos terá isenção nas taxas do Detran-GO, exames médico e psicológico, licença de aprendizagem, inclusão de Renach, agendamento de provas teórica e prática, além dos cursos teórico e prático, incluindo até três retestes.

Após o cadastro, os selecionados têm outros 15 dias de prazo para abrir o Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach). Esta etapa exige a entrega de documentação de forma presencial ao Detran-GO. Para isso, é preciso agendar a entrega dessa documentação. A coordenadora informou também que nesta fase não haverá mais abertura de oportunidades, mesmo que não sejam atendidos todos os classificados. A tarefa agora será preparar as etapas de 2021.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.