Governo de Goiás investe para retomar as cavalhadas no Estado em 2022

Uma tradição de mais de 200 anos interrompida pela pandemia. Pelo segundo ano consecutivo, as Cavalhadas de Pirenópolis deixaram de ser realizadas. Com o avanço da vacinação e a retomada da economia o prefeito da cidade, Nivaldo Melo, está confiante no retorno da festa em 2022. Mas não é só Pirenópolis que se prepara para a volta das Cavalhadas. Outras 11 cidades deste circuito turístico também devem realizar a festa no próximo ano. E a novidade é a inclusão da cidade de Goiás. A Secretaria de Estado de Cultura (Secult) vai repassar R$ 1,3 milhão para a reestruturação das Cavalhadas. Segundo o secretário César Moura, cada cidade fez seu plano de trabalho e a Pasta reverteu o recurso para deixar a festa mais bonita no ano que vem. Com esse investimento, o governador Ronaldo Caiado disse que pretende dar chance às cidades de se planejarem com antecedência para as festividades do ano que vem.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.