Governo de Goiás concede progressão para servidores da Educação

Mais de 1.700 servidores vão ser beneficiados a partir do pagamento de dezembro, com percentuais que chegam a até 68,92%

Servidores da Secretaria de Educação de Goiás (Seduc), professores e servidores administrativos, estão sendo beneficiadas pelo Governo de Goiás com progressões de carreira e pagamento de diferenças salariais. Esta é a terceira vez que a atual gestão concede esse aumento, que já estará disponível para mais de 1.700 profissionais no salário do mês de dezembro. O impacto mensal na folha de pagamento da Educação é de R$ 354,8 mil. Outro benefício concedido é o pagamento de diferenças salariais, que representa R$ 120 milhões para mais de 61 mil servidores e ex-servidores. Para detalhar o assunto, o Jornal Brasil Central desta segunda-feira (5) recebeu o Superintendente de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da Seduc, Hudson Amarau de Oliveira. "Algumas diferenças salariais estavam retidas desde 1995 e fizemos a pagamento agora. Também tivemos a progressão para professores e administrativos", contou.

Ele explicou que alguns valores dessas diferenças vêm sendo pagos nos últimos quatro anos, além também de ser a terceira concessão de progressões no atual governo. "A gente acredita que o servidor mais bem remunerado, mais alegre, mais feliz e sua contraproposta de trabalho é melhor", afirmou o superintendente. Progressão é a movimentação funcional, tanto no mesmo nível, chamada progressão horizontal, como de um nível para outro, denominada progressão vertical. Aos servidores administrativos é admitida somente a progressão horizontal.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.