Governo de Goiás aumenta repasse do programa social Pão e Leite

O governo passa de R$ 12 milhões para R$ 19 milhões o recurso disponibilizado para o programa e fará um novo chamamento, agora em outubro, para incorporar mais entidades filantrópicas

O Governo de Goiás ajustou em 27 de setembro, quando publicou no Diário Oficial, o recurso diário que repassa ao Programa Nutricional – Pão e Leite, passando de R$ 1,50 para R$ 2,00 por pessoa beneficiada nas 362 entidades filantrópicas inscritas. “Se a entidade trabalha todos os dias da semana, receberá por 30 dias/mês e as demais continuam recebendo apenas pelos dias úteis” informou a Coordenadora de Benefícios da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), Adelaide Cristine Borges. Matéria com essa informação foi veiculada nesta quarta-feira, 5, no Jornal Brasil Central.

Com o reajuste, o programa, que investia R$ 12 milhões, disponibilizará R$ 19 milhões por ano e, de acordo com Adelaide, deve fazer um novo chamamento público agora em outubro, para ampliá-lo. Segundo ela, as que entraram até o momento o fizeram pelo chamamento de 2019. Informou que este será o terceiro chamamento desde o realizado em 2019, para incorporar novas entidades. “Temos uma expectativa muito boa com relação ao chamamento, porque durante a pandemia houve a necessidade de abrir lugar para ajudar as pessoas com vulnerabilidade. Ele vem para atender as que ainda não foram aprovadas, as antigas e as novas”, observou.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.