Governador oficializa instalação da empresa chinesa WeiChai em Itumbiara

Investimento é resultado de negociações iniciadas no ano passado, durante missão do Governo de Goiás à China. Iniciativa vai gerar emprego e renda e impulsionar a economia goiana

Menos de três meses após liderar comitiva à China com o objetivo de atrair novos investimentos para Goiás, o governador Ronaldo Caiado oficializou na quinta-feira (8), em Itumbiara, a instalação da empresa chinesa WeiChai, líder mundial na produção de motores, geradores, automóveis, ônibus, tratores e até navios, com faturamento anual de US$ 70 bilhões. A cerimônia, mostrada em reportagem especial da Brasil Central no programa O Mundo em Sua Casa desta sexta-feira (9), reuniu autoridades do Governo do Estado, do município, dirigentes da empresa e outros empresários envolvidos nas negociações. 

“É algo inédito, conseguir, em tão pouco tempo, a consolidação de um empreendimento que envolve uma gigante chinesa”, enfatizou o governador, acrescentando que Itumbiara passa a oferecer capacidade produtiva e expansão tecnológica da WeiChai para toda a América Latina, algo que muda o conceito da cidade. “Não existe avanço sem tecnologia, pesquisa e inovação e isso a China está mostrando para o mundo”, destacou Caiado. O chefe do Executivo também enalteceu o esforço e o trabalho desenvolvido pelo prefeito de Itumbiara, Dione Araújo, que atuou firmemente nesta missão e mostrou os diferenciais da cidade para receber a gigante chinesa.

Operacionalização

Em Goiás, a WeiChai vai atuar em parceria com a Stemac Grupos Geradores, indústria brasileira que importa motores da multinacional chinesa. Pelo acordo, a Stemac disponibiliza parte de suas instalações para construção de um centro de montagem e distribuição de motores da empresa asiática, com redução no custo de fabricação dos geradores. Posteriormente, a meta é iniciar a fabricação 100% local dos motores, para abastecimento do mercado brasileiro e de outros países. Vale destacar que a unidade da WeiChai em Itumbiara será a única em toda a América Latina.

O secretário de Indústria e Comércio, Joel Sant’Anna Braga, pontuou que a nova fábrica será uma porta de entrada para produtos da WeiChai na América Latina. “Ela terá capacidade para atender segmentos importantes, como agricultura, mineração, embarcações e outros maquinários”. O presidente da Stemac, João Luiz Buneder, disse que a parceria é um feito histórico. “Foi um grande esforço conjunto e celebramos uma etapa que representa a grandeza da industrialização de Goiás”, acentuou.

O prefeito de Itumbiara, Dione Araújo, foi outro a comemorar a oficialização da WeiChai no município. “É um investimento vultoso, que vai gerar emprego, renda e, com reflexos em todo o Estado de Goiás. Além dos investimento da empresa, outros aportes serão feitos por empresas que receberão demandas de produtos a serem usados pela chinesa, condição que multiplica os resultados econômicos”, afirmou ele. O responsável pelas operações da WeiChai no Brasil, Bruno Pimental, explicou que um dos fatores predominantes para a escolha de Itumbiara como sede da empresa é a localização estratégica e logística de transporte, o que amplia o potencial de vendas para todo o País. 

ABC Digital
 

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.