Governador lança Bilhete Único no transporte da Grande Goiânia

Tarifa ficará congelada a R$ 4,30 e usuário poderá fazer vários trajetos na região metropolitana com uma passagem

O governador Ronaldo Caiado lançou nesta sexta-feira, 1º de abril, o Bilhete Único no transporte público da Região Metropolitana da capital, mantendo o valor da tarifa em R$ 4,30. O Bilhete Único começa a ser adotado neste sábado (2) no sistema operado pela Rede Metropolitana de Transporte Coletivo de Goiânia (RMTC), cuja reestruturação também foi anunciada na solenidade, transmitida ao vivo pela TBC, no Goiás na Brasil Central. Com o Bilhete Único, o passageiro poderá se deslocar por até 2h30 pelas diversas linhas de ônibus que alimentam as cidades da Grande Goiânia. Com o novo bilhete, o usuário pagará uma passagem e não precisará ir até um terminal para completar seu trajeto.

Na coletiva de imprensa para apresentar as novidades, Caiado disse que a proposta foi construída em parceria com os prefeitos da Região Metropolitana, com o Estado aportando cerca de R$ 72 milhões neste ano para subsidiar o congelamento da tarifa. “Isso foi uma construção compartilhada. Estamos trazendo para a nossa Região Metropolitana o que tem de mais moderno na Europa, um sistema testado e que vai trazer benefícios ao cidadão usuário do transporte público”, disse Caiado sobre o acordo que vai dividir o custo total do subsídio da tarifa de ônibus com as prefeituras da Grande Goiânia.

Na solenidade, o secretário-geral da Governadoria, Adriano da Rocha Lima, anunciou ainda a realização de licitação (por pregão eletrônico) para aquisição de ônibus elétricos que vão substituir a atual frota a diesel da Metrobus. A previsão é de que os novo ônibus comecem a circular no Eixo Anhanguera no segundo semestre deste ano. Já o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, informou no evento estar finalizando projeto de recapeamento asfáltico de toda a via da mesma avenida.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.