Governador Caiado se pronuncia sobre ataque a prédios dos Três Poderes

A TBC transmitiu ao vivo,  entrevista coletiva do governador Ronaldo Caiado e do secretário de Segurança Pública Renato Brum, logo após reunião emergencial com a cúpula da área 

A TV Brasil Central transmitiu ao vivo, nesta segunda-feira (9) a entrevista coletiva do governador Ronaldo Caiado e do secretário de Segurança Pública Renato Brum, logo após a reunião emergencial com a cúpula da área para tratar sobre os ataques terroristas realizados em Brasília por golpistas bolsonaristas a prédios dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário no último domingo (8).

“É importante que se diga que, neste momento, e que toda a população saiba que, nós não podemos, de maneira alguma, admitir com que o resultado de uma eleição possa amanhã dar margem a esse tipo de atitude que ocorreu na nossa capital (federal)”, afirmou o governador Caiado aos repórteres. Ele lembrou sua história de oposição política à esquerda e ao PT, desde 1985. “Mas eu jamais na minha vida vou admitir, em qualquer momento, que houvesse a quebra do respeito ao Estado Democrático de Direito. Aquilo que deve ser preservado é o respeito aos poderes constituídos”, declarou.

O governador informou que o Batalhão de Choque do Entorno do Distrito Federal estava em prontidão, mas a entrada dos policiais goianos na Força Nacional dependeria da inclusão deles. Em seguida, o secretário de Segurança Pública, Renato Brum, disse que na reunião foram traçadas estratégias e feito um balanço. Entretanto, garantiu que “em Goiás estava tudo dentro da normalidade e não tinha nenhuma estrada estadual ou federal interditada”.

ABC Digital 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.