Governador apresenta a “Vitória”, uma atendente virtual para saber se você tem sintomas da Covid-19

Caiado informou que amanhã terá videoconferência com ministros do governo federal para encaminhar a abertura do hospital de campanha de Águas Lindas

Secretário de Desenvolvimento e Inovação, Adriano da Rocha Lima, governador Ronaldo Caiado e Secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, em live realizada pela ABC

Na live de hoje, 29, aos veículos de comunicação da Agência Brasil Central (ABC), o governador Ronaldo Caiado esteve acompanhado dos secretários da saúde, Ismael Alexandrino, e de Desenvolvimento e Inovação, Adriano da Rocha Lima, que apresentaram a nova atendente virtual, de nome “Vitória”, que pode ser acessada no endereço www.saude.go.gov.br/coronavirus, onde qualquer pessoa com sintomas de infecção com o novo coronavírus pode receber orientação de como proceder para ter o atendimento adequado.

Os três representantes do governo de Goiás insistiram para que as pessoas colaborem consigo e o seu próximo usando a máscara de proteção bucal e nasal se foram sair de casa. Afirmaram ser muito importante o uso da máscara para se proteger e evitar o contágio também nas pessoas com as quais tenham contato. Caiado chegou até a insinuar que poderá, no futuro, caso as pessoas não colaborem, editar uma medida obrigando o uso e utilizar medidas de fiscalização.

Eles foram unânimes em afirmar que as medidas tomadas pelo Governo de Goiás no início da Covid-19 no Brasil, dois dias após a Organização Mundial de Saúde decretar a pandemia, estão contribuindo para que Goiás figure entre os estados com melhores números no país, onde a curva de infectados ainda está controlada e não teve um crescimento exponencial, como tem ocorrido em estados como São Paulo, Amazonas, Ceará e Rio de Janeiro.

Hospitais

Fizeram questão de ressaltar o trabalho que o governo de Goiás vem fazendo na área da Saúde visando o enfrentamento da pandemia da Covid-19, com a regionalização dos hospitais de Luziânia, Itumbiara, São Luis de Montes Belos, Formosa, Jataí e no aguardo da entrega do Hospital de Campanha de Águas Lindas. O governador falou que amanhã terá uma videoconferência com ministros do governo federal para encaminhar as questões relativas ao funcionamento definitivo deste hospital. Ismael falou do possível aproveitamento da estrutura do Centro de Convenções de Anápolis para a instalação de um novo hospital de campanha para atendimento aos pacientes da Covid-19. “Somos o estado que está conseguindo, com a estrutura montada e o isolamento social, cuidar dos pacientes e com o menor índice de óbitos”, observou o governador.

Eles agradeceram imensamente a dedicação dos profissionais da saúde, a colaboração de empresas, poderes, entidades e pessoas físicas, que têm feito doações, têm ajudado com todo tipo de recursos, inclusive com a doação de cestas básicas para atender as famílias mais carentes. Caiado informou que amanhã começará a entrega de 20 mil cestas para as pessoas que vivem nos assentamentos em Goiás, que ainda não tinham sido atendidas.

Goiás vitorioso

Ele observou também que a população está se conscientizando do uso de máscara, de que é importante usar para a diminuição do contágio, mas admitiu: “Se houver pessoas resistentes, vamos implantar um esquema, porque alguns não podem prejudicar os outros. O isolamento social é a melhor arma que temos para combater a progressão do corona. Teremos leitos e atendimento adequado. Agradeço demais a todo o setor da saúde que está empenhado no combate a essa doença, os envolvidos no processo dentro dos hospitais”, aproveitando também para tecer elogios ao decreto da Prefeitura de Goiânia escalonando os horários de funcionamento das empresas, para evitar que os ônibus do transporte coletivo de Goiânia carreguem passageiros em pé, porque isso aumenta também o risco de contaminação. Na live, Caiado previu pelo menos mais dois meses nessa luta contra o novo coronavírus.

Adriano disse que Goiás é um estado vitorioso no controle dessa pandemia, observando que a curva de progressão da contaminação vem aumentando de forma linear, assim como o número de mortes. “O Brasil levou 40 dias para ter 1.000 casos. Para passar de 4.000 a 5.000, levou três dias. Esse é o crescimento exponencial. Nós, em Goiás, não temos. Nossa flexibilização veio acompanhada de um protocolo mantendo a segurança quanto à não propagação do vírus”, informou, observando que o uso da máscara é uma atitude ética do cidadão, “é o uso de nossa inteligência para a boa convivência. Não usar a máscara é uma atitude antiética”. 

Eles demonstraram preocupação com a diminuição do isolamento social em Goiás. Por isso, enfatizaram a necessidade da permanência em casa. O governador enfatizou: “O cidadão precisa entender e ter a sensibilidade para o momento e enxergar a realidade dos contaminados e que estão hospitalizados”. Adriano foi categórico em afirmar que o governo continua atento e acompanhando a curva do isolamento. “É um patrimônio que não podemos jogar fora. Estamos em situação segura, mas com sinal amarelo. Usem máscara. O governo faz é proteger a população, evitando mortes. Espero que o isolamento cresça para a faixa de 50%”, considerou.

Para Ismael, a conscientização não precisa de decreto. “Nós somos sensíveis às condições econômicas”, contemporizou, acrescentando que defende a segurança da atividade econômica para que não haja expansão dos casos. “A conscientização parte do ser humano. Não podemos perder um ente querido para poder despertar”, ensinou. Falou também que nada se resolve só com uma ação e apresentou um novo e importante trabalho para atendimento e apoio mental e psicológico, que usa a telemedicina, via telefonia, e tem 85 profissionais da saúde atendendo durante o dia todo, e, quando preciso, há o encaminhamento. Destacou que é uma ferramenta moderna, “do nosso tempo” e vai ficar como legado, da mesma forma que os hospitais e apresentou também um número de telefone, o (62) 3201-9300, com o qual a pessoa pode ter acesso ao serviço de saúde do governo sem sair de casa.

Pela internet

Adriano apresentou o www.saude.go.gov.br/coronavirus, link com atendente virtual. Se a pessoa tiver sentindo alguma coisa, algum sintoma compatível com o do novo coronavírus, vai responder perguntas e suas respostas serão encaminhadas para um atendente dar mais algumas informações; dependendo dos sintomas, um médico atenderá remotamente e, eventualmente, encaminhará a pessoa para uma unidade de saúde. Ela atenderá pessoas de qualquer lugar de Goiás e do país também, com acesso a um médico para fornecer informações. Ressaltou o importante papel da UFG para esse trabalho.

O governador agradeceu também o trabalho das polícias goianas no combate à criminalidade nesse momento de preocupação com a pandemia, informando que em Rio Verde foi apreendida uma tonelada de maconha e apreendido um traficante faccionado, também com armas e drogas; foi apreendida em Goiânia mais uma tonelada de maconha e fechado um laboratório de produção da droga ecstasy; em Abadia de Goiás, mais 100 quilos de maconha, armas e drogas outras foram apreendidas; em Jataí foi presa uma quadrilha que roubava gado na região e também armas que pertenciam a ela, entre outras ações. 

A live realizada pela ABC está disponível na íntegra na página da TV Brasil Central no Facebook.

ABC Digital