Goiás lidera ranking nacional de transparência na pandemia

Superintendente da CGE falou sobre o assunto na TV Brasil Central

A apresentadora Eva Taucci e o superintendente de Transparência da CGE, Bruno Paixão, nos estúdios da TBC

Goiás figura na liderança, junto com Minas Gerais e Ceará, do ranking nacional da Open Knowledge Brasil (OKBR), organização civil que avalia informações públicas referentes ao Índice de Transparência da Covid-19 nos sites dos governos estaduais e federal. 

São informações sobre licitações, contratos e compras de insumos, produtos e serviços para o combate à pandemia pelos órgãos públicos no país. “Isso vem de uma diretriz de governo. O governador Ronaldo Caiado lançou a política de compliance no início da gestão e dentro dessa política tem um eixo de transparência. Então, esse resultado agora é fruto de um planejamento”, disse Bruno Paixão, superintendente de Transparência da Controladoria-Geral do Estado (CGE).

Ele participou da coluna Bate-papo do Dia no telejornal TBC 1 da TV Brasil Central, explicando como o ranking é feito e o que levou Goiás às primeiras colocações. “Foram os dados epidemiológicos. A Secretaria Estadual de Saúde e a CGE avançaram numa metodologia de disponibilização das informações da epidemia. Com isso, é possível você ver dados por região, da semana epidemiológica, enfim, a população tem todas as informações sobre a pandemia, o que nos levou ao primeiro lugar no ranking”, comentou Bruno Paixão.

Ao final, o superintendente da CGE explicou os canais e ferramentas para que a população possa acompanhar não só os gastos gerais do Estado quanto os específicos sobre a pandemia. Dentro do Portal da Transparência, a CGE criou o Coronatransp, um painel com todas as informações sobre a pandemia, incluindo gastos, licitações, compras, empenhos e boletins epidemiológicos de todo o estado.

Veja a entrevista completa abaixo:

ABC Digital