GoiásFomento anuncia ampliação do atendimento à pequena empresa no TBC 1

Agência ampliou canais por telefone e internet para orientar sobre novas modalidades de crédito que vão amparar as empresas goianas durante a crise da Covid-19

A apresentadora Danila Bernardes e o subsecretário de Fomento e Competitividade da GoiásFomento, César Augusto Sotkeviciene Moura, nos estúdios da TBC

Com a paralisação da maioria dos negócios em função da crise do coronavírus, crescem as dificuldades financeiras enfrentadas pelo micro, pequeno e médio empreendedor. Para socorrer estes segmentos em Goiás, a Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento) ampliou seus canais de atendimento para facilitar e agilizar operações de crédito às empresas. 

No quadro Bate-papo do Dia do telejornal TBC 1 da TV Brasil Central desta segunda-feira (6), a apresentadora Danila Bernardes conversou com o subsecretário de Fomento e Competitividade da agência, César Augusto Sotkeviciene Moura. Ele falou como será o funcionamento do atendimento e quais são as linhas especiais de financiamento que a GoiásFomento criou para ajudar o micro e pequeno empresário goiano a atravessar a crise.

“Desde a última semana colocamos seis consultores em atendimento online para orientar o empreendedor sobre como fazer a tomada do crédito. É importante lembrar que é uma operação de crédito e não uma bolsa, como algumas pessoas estavam entendendo”, disse Moura falando sobre a linha de crédito de capital de giro criada para este momento. A operação ganhou inclusive um email próprio de atendimento: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

O subsecretário da GoiásFomento explicou ainda um pouco do trâmite das operações e como a agência vem atuando para diminuir a burocracia e agilizar o prazo de concretização dos financiamentos. “Se a documentação estiver toda certinha, com a abertura dos cartórios a partir desta semana, a expectativa é de que em cinco dias a operação se resolva”, disse o gestor da agência.

Confira a íntegra da entrevista no vídeo abaixo:

ABC Digital