Goiás vai à sétima posição em ranking do Tesouro Nacional

Para a secretária da Economia, Cristiane Schmidt, levantamento confirma responsabilidade fiscal do governo goiano com as contas públicas

Goiás pulou da 19ª para a 7ª posição neste ano no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal dos Estados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). O levantamento anual compara o desempenho do governos estaduais nas informações contábeis e fiscais.

A titular da Secretaria de Estado da Economia de Goiás, Cristiane Schmidt, falou da conquista ao Jornal Brasil Central nesta quarta-feira, 24. Segundo ela, a subida de 12 posições no levantamento da STN mostra que a gestão estadual “é transparente e está no caminho certo”.

“Quando nós temos uma responsabilidade fiscal, aí podemos ter uma responsabilidade social e com os servidores públicos. Estamos colhendo os frutos de um trabalho iniciado desde o primeiro dia de governo”, disse a secretária citando outros indicadores, como o de competitividade, em que Goiás também já aparece bem em levantamentos nacionais.     

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.