Goiás registrou 1.049 denúncias de violência contra idoso em 2021

Estão em Goiânia e Anápolis as duas unidades da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (DEAI), vinculada à Polícia Civil

Goiás possui duas delegacias especializadas no atendimento ao idoso, uma na capital e outra em Anápolis. No ano passado, essas duas unidades receberam 1.049 denúncias de atos de violência contra a pessoa idosa. As unidades são vinculadas à Polícia Civil.

O delegado titular da DEAI de Goiânia, Alexandre Alvim, disse ao Jornal Brasil Central que o objetivo é acolher o idoso vítima de violência de forma humanizada. “A gente busca orientar esse idoso, recepcionar a denúncia em relação a ele para que a gente consiga trabalhar de uma forma multidisciplinar para entendermos qual é a condição que essa suposta vítima está vivenciando”, afirmou.

Ele destaca que as principais queixas que aparecem nas denúncias estão maus tratos (com violência física e psicológica), exploração financeira (via apropriação de rendimentos e bens) e abandono. Alvim informa que as delegacias recebem denúncias de forma presencial, por telefone ou mensagem de celular. A maioria das denúncias são feitas anonimamente. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (62) 3201 1501 ou email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.