Goiás lidera a produção nacional de girassol

A estimativa da safra atual da oleaginosa no Estado é de 42 mil toneladas, 27,7% a mais do que na anterior. Cultivo é uma opção dos agricultores para a safrinha

Goiás lidera a produção nacional de girassol e responde por 70% da produção de todo o País. A estimativa da safra atual dessa oleaginosa no Estado é de 42 mil toneladas, 27,7% maior do que o verificado na anterior. Os principais produtores estão nos municípios de Piracanjuba, Vianópolis e Caldas Novas.

O superintendente de Produção Rural Sustentável da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Donalvam Maia, falou sobre esse” boom” do girassol verificado em Goiás, durante entrevista concedida ao programa O Mundo em sua Casa, nesta quarta-feira, 28.

Safrinha

De acordo com o superintendente, o girassol está ganhando cada dia mais espaço na chamada safrinha, que hoje já é uma segunda safra. Ele disse que o agricultor goiano aprendeu a plantar milho na segunda safra, logo após as chuvas. Mas ele tem percebido que o girassol é uma grande opção. É possível fazer rotação de cultura mais adequada com o girassol, plantar mais tarde e isso diminui o risco e pode ter uma produção satisfatória, argumentou.

Indagado sobre a exportação do girassol, Donalvam Maia disse que ela ainda é pequena, apesar de Goiás ser o maior produtor brasileiro. Explicou que a demanda por semente de girassol é muito aquecida no mercado interno, sendo destinada à produção de óleos pela agroindústria. O girassol também é utilizado na ração animal. “Então o produtor rural goiano está percebendo que tem uma cesta de produtos diversificada (para o girassol)”, destacou.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.