Goiás está em estado de alerta por causa da baixa umidade do ar

O Jornal Brasil Central trouxe matéria mostrando as ações que devem ser tomadas para amenizar essa situação, onde os mais prejudicados são as crianças e os idosos

Clique na imagem para assistir a matéria

O tempo seco em Goiás nessa época do ano é um forte ingrediente para causar doenças respiratórias, especialmente nas crianças e idosos, que são os mais vulneráveis. Matéria veiculada hoje (28) no Jornal Brasil Central trouxe esse alerta e indicações do que fazer para pelo menos amenizar essa situação. Gerente do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (CIMHEGO), André Amorim reforçou que o estado está em alerta por causa dos baixos índices de umidade relativa do ar: “Para esta semana, estamos num nível de atenção e também de alerta, onde nós temos um índice de umidade relativa do ar abaixo dos 20%. Esse índice deve trazer preocupação a toda população”.

Médica pediatra, Mirna Souza falou sobre os cuidados que devemos ter nessa época, por exemplo procurar espaços abertos e ventilados, de preferência no sol mais fresquinho da manhã ou depois das 17 horas. “Parques, ambientes abertos, de preferência gramados, tentando evitar lugares com acúmulo de muita poeira. E mesmo quando em casa isso não é possível, abrir a janela para ventilar e depois fechar para que a poeira não entre, colocar a roupa lavada para secar no quarto da criança, para umidificar o ambiente”, afirmou, acrescentando que é importante também usar umidificadores nos ambientes mais frequentados da casa, não se esquecendo de trocar a água diariamente. 

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.