Goiás abre sete mil vagas de capacitação profissional na quarentena

Cursos gratuitos serão ministrados em diversas regiões do estado para estudantes e trabalhadores de níveis fundamental e médio

A apresentadora Eva Taucci e o superintendente de Capacitação e Formação Tecnológica da Sedi, José Teodoro Coelho, nos estúdios da TBC

Por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), o Governo de Goiás vai capacitar sete mil trabalhadores durante as medidas de isolamento social de combate à pandemia de coronavírus. Serão exatas 7.056 vagas, distribuídas em 55 cursos, sendo 35 de capacitação e 20 de qualificação profissional. Os cursos serão ministrados pela Rede de Institutos Tecnológicos do Estado de Goiás (Itego).

Para falar sobre o assunto, a coluna Bate-papo do Dia do telejornal TBC 1 da TV Brasil Central recebeu nesta segunda-feira, 25, José Teodoro Coelho, superintendente de Capacitação e Formação Tecnológica da Sedi. Ele falou da importância dos cursos neste momento da pandemia e deu detalhes do funcionamento dos cursos, que terão 80% de suas cargas horárias feitas à distância, com aulas online.

“Essa oferta de cursos visa dar uma condição para que o cidadão possa ingressar no mercado de trabalho, permanecer nesse mercado ou mesmo crescer na carreira profissional”, comentou José Teodoro informando que os outros 20% da carga horária dos cursos serão preenchidos ao final das restrições de isolamento social pela pandemia de coronavírus.

Para saber todos os detalhes dos cursos oferecidos em cada região do estado, visite a página de Seleção de Alunos da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação. Já as inscrições, que seguem abertas até 10 de agosto, devem ser feitas pelo site da Plataforma EAD da Rede Itego.

Confira a entrevista completa:

ABC Digital