Goiás é um dos três Estados com alta na média móvel de mortes por Covid-19

Infectologista Marcelo Daher atribuiu o fato à falta de estrutura de saúde nas cidades do interior

Goiás registrou mais de 21 mil mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. Segundo informações do Ministério da Saúde, a média móvel de casos e mortes pela doença apresentou recuo no País. Entretanto, conforme dados do portal de notícias G1, Goiás é um dos três Estados que permanece com alta na média móvel de mortes, junto com Amapá e Rondônia.

Em entrevista ao programa O Mundo em sua Casa desta sexta-feira, 6, o infectologista Marcelo Daher afirmou que, desde o fim da segunda onda da pandemia, a média móvel registrada pelo Estado, seja no número de casos ou de mortes, se estabilizou em um patamar muito elevado. Ele apontou alguns fatores que podem ter contribuído para este resultado, tais como a baixa incidência na primeira onda e a falta de estruturas de saúde no interior.

“Nós ainda temos uma carência muito grande no interior do Estado, seja de leitos, de estrutura física mesmo e de pessoal”, disse Marcelo Daher, que é membro da Sociedade Brasileira de Infectologia. Ele citou todo o Norte Goiano, região que ainda tem uma carência muito grande de estrutura física e equipes para o atendimento dos pacientes, na opinião do médico.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.