Goiás é referência nacional na retomada econômica, afirma César Moura

Recuperação de empregos, capacitação profissional e disponibilização de crédito marcam as ações da Secretaria da Retomada em cinco meses de funcionamento

O secretário de Estado da Retomada, César Moura, afirma que o Estado de Goiás vai se consolidando como referência nacional na retomada do desenvolvimento econômico em meio à pandemia do novo coronavírus, após um ano difícil que comprometeu a grande maioria das atividades produtivas. Em entrevista na quarta-feira, 20, ao TBC2, ele enfatizou que o trabalho desenvolvido em Goiás será mostrado na próxima semana em encontro nacional com representantes de universidades do Brasil e de países da América do Sul.

“A iniciativa do governador Ronaldo Caiado, ao criar a Secretaria da Retomada, é louvável sob todos os aspectos. Em cinco meses temos resultados promissores na recuperação de empregos, na manutenção de outros, na capacitação de pessoas para as mais diversas atividades e também na oferta de crédito, principalmente para empreendedores individuais, micros e pequenos empresários”, enfatizou o secretário.  Ele acrescentou ainda que o olhar da Pasta está voltado principalmente para o desemprego, para as pessoas mais vulneráveis e para o fortalecimento das pequenas empresas que também são geradoras de postos de trabalho.

Principais entregas

A Secretaria da Retomada atua em várias frentes. Uma delas foi a organização do sistema de captação e oferta de empregos. César Moura explicou que o Serviço Nacional de Emprego (Sine), da esfera federal, foi unificado com os colégios tecnológicos (antigos Itegos) e isso possibilitou que a capacitação conversasse com o emprego. O resultado é a oferta mensal de aproximadamente 5 mil postos de trabalho, com capacitação profissional para ocupação dessas vagas.

A organização da produção artesanal também ganhou força. Em Goiás, a atividade é ampla, diversificada e diferenciada. Conforme César Moura, a Pasta estimula o associativismo e o cooperativismo, mostrando às pessoas que organizadas elas podem obter melhores resultados. Uma iniciativa fundamental é a criação de Casas do Artesanato, onde os produtos são expostos e comercializados. Além de Goiânia, outras duas unidades serão instaladas, em Rio Quente, no Rio Quente Resort, uma ação desenvolvida com apoio da primeira dama Gracinha Caiado, e em Pirenópolis.

A capacitação profissional e oferta de crédito também são fundamentais. O secretário disse que um levantamento realizado em Jaraguá, pólo de confecção de roupas, aponta a existência de 12 mil máquinas de costura e apenas cinco pessoas para a manutenção. “Na próxima semana já vamos iniciar capacitação na cidade para que mais pessoas possam atuar nesta área”, adiantou. As pessoas que têm aptidão para quaisquer atividades produtivas ou que desejam fazer algum tipo de capacitação, podem entrar no site da Secretaria da Retomada (www.retomada.go.gov.br) onde terão informações sobre oferta de empregos, oportunidades de treinamento e informações para obtenção de crédito para iniciar os negócios.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.