Goiás é líder na produção nacional de girassol

De acordo com o IBGE, o Estado responde por mais da metade da oleaginosa colhida no País

Na fazenda do produtor rural Wildes Peixoto, localizada em Bela Vista de Goiás, tem lavoura de girassol há quatro anos. “O girassol vem sendo colocado na safrinha, quando a gente planta, e o resultado é bom”, ressaltou o agricultor. Ele lembrou que é preciso zelar bem da cultura, senão não colhe. O plantio de girassol geralmente ocorre por volta de fevereiro, com colheita entre junho e julho, mas exige cuidados como a adubação correta do solo, acrescentou.

Conforme dados do IBGE, Goiás é líder na produção nacional do girassol e responde por cerca de 53% do todo o girassol colhido no País, como foi noticiado em reportagem veiculada no Jornal Brasil Central desta quarta-feira, 5. O superintendente de Produção da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Donalvam Maia, destacou que a cultura de girassol também incentiva o turismo rural. Citou ainda que, em termos de produção agrícola, o Brasil produz cerca de 41 mil toneladas. E Goiás produz mais da metade disso: mais de 21 mil toneladas. Entre os principais municípios goianos que se destacam na produção da oleaginosa estão Piracanjuba, Bela Vista de Goiás, Buriti Alegre e Caldas Novas.

“O girassol é uma boa alternativa quando a janela de plantio está reduzida, ou seja, já está passando o tempo de plantar o milho, e você pode escolher uma cultura que necessita um pouco menos de água para produzir, e com custo mais barato”, afirmou Donalvam Maia. Segundo ele, a versatilidade do girassol é muito grande, indo da produção de óleo até a alimentação humana.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.