Foco na Saúde evidencia os hospitais estaduais

HUGOL é um exemplo de unidade de saúde de alta e média complexidade em urgência e emergência, com foco em traumatologia, queimaduras e medicina intensiva

A quinta e última reportagem da série Foco na Saúde, exibida no O Mundo em sua Casa desta sexta-feira (14), mostrou o papel dos hospitais ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). O atendimento de saúde especializado de média e alta complexidade, como cirurgias eletivas e tratamentos clínicos de acordo com cada especialidade, é realizado após encaminhamento, devido ao processo de troca de informações entre as redes de atenção à saúde no SUS.

O Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL) é uma unidade de saúde da Secretaria de Estado de Saúde de Goiás 100% voltada ao SUS. O hospital é habilitado como Centro de Referência em Assistência a Queimados de alta complexidade pelo Ministério da Saúde e é referência no atendimento pediátrico a vítimas de traumas. É, ainda, uma unidade de assistência, ensino, pesquisa e extensão universitária, com banco de sangue próprio.

“Definimos duas vias de entrada, a espontânea e a regulada. O paciente dá entrada na unidade e passa pela triagem e é atendido quando espontânea. Já na regulada, ele pode vir por encaminhamento de urgência, quando as fichas são triadas previamente pelo Complexo Regulador Estadual e o paciente encaminhado para a unidade, ou através de uma avaliação pela equipe do NIR (Núcleo Interno de Regulação)”, explicou a supervisora do Núcleo Interno de Regulação do HUGOL, Bárbara Massi Mendes.

O HUGOL possui uma estrutura física de quase 72 mil metros quadrados, distribuídas em 14 salas de cirurgia, 21 salas de ambulatório e cinco pavimentos para internação. Ao todo, são com 512 leitos ativos, dos quais 466 são para internação e 96 de UTI. A qualidade dos serviços oferecidos é reconhecida. “Hoje a gente conta com certificação da Organização Nacional de Acreditação – ONA – nível máximo (ONA 3), sendo o único hospital público 100% SUS do Brasil acima de 500 leitos a ter essa certificação. A gente consegue garantir que o usuário tenha qualidade ao ser atendido dentro do HUGOL”, disse a médica do HUGOL, Heloíse Helena Medeiros.

Outros 22 hospitais públicos estaduais estão espalhados por todas as regiões goianas, como o Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad), o Hospital Estadual da Mulher Dr. Jurandir do Nascimento (HEMU), Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi (HGG) e Hospital de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (HUGO) são algumas das unidades equipadas e prontas para atender quem precisa.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.