Exportações goianas somaram US$ 9,28 bilhões em 2021, com alta de 14%

Dados mostram a retomada da economia, apesar da prevalência da pandemia. Programas de incentivo do Governo de Goiás contribuíram para impulsionar os negócios

As exportações goianas bateram recorde histórico em 2021, contabilizando um total de US$ 9,28 bilhões, número que é 14,1% maior do que o registrado em 2020, que foi de US$ 8,13 bilhões. De modo geral, o movimento do comércio exterior goiano cresceu significativamente no ano passado, com elevação também das importações, que saíram de US$ 3,31 bilhões em 2020 para US$ 5,62 bilhões em 2021.

Em entrevista ao programa O Mundo em sua Casa, o secretário de Indústria e Comércio de Goiás, Joel Santana Braga, falou sobre os resultados positivos, lembrando que os números apontam para a retomada da economia goiana, mesmo considerando os problemas causados pela pandemia da Covid-19. Ele também argumentou que a expectativa para o ano de 2022 é alcançar valores ainda maiores, principalmente devido ao fortalecimento dos programas de incentivo à exportação implementados pelo Governo de Goiás.

O diretor de Operações de Porto Seco de Anápolis, Everaldo Piatcosky, ressaltou que programas como o Comex/Produzir (que incentiva as exportações) e o Peiex (que capacita os empresários para a busca do mercado externo), foram fundamentais para alavancar as vendas externas. Segundo ele, em 2021 as exportações se concentraram principalmente nos produtos do agronegócio, como soja e complexo carnes, e também minerais; enquanto as maiores importações foram de combustíveis, óleos minerais, adubos, produtos farmacêuticos e veículos.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.