Escola de Governo já capacitou mais de 5 mil servidores no Programa de Compliance Público

Treinamento é fundamental para implementação e execução do programa que amplia ética e transparência na gestão pública, com ganhos em eficiência e economia para os cofres públicos

Desde o lançamento do Programa de Compliance Público do Governo de Goiás (PCP), em 2019, a Escola do Governo já capacitou cerca de 5,6 mil servidores estaduais que, na prática, são os responsáveis pela implementação da medida cujo foco central é a ética e a transparência na gestão pública. Em entrevista hoje, 11, ao programa O Mundo em Sua Casa, o superintendente de Auditoria da Controladoria-Geral do Estado, Luís Henrique Crispim, ressaltou que a capacitação dos servidores é fundamental para o êxito do programa, que busca eficiência gerencial e probidade na aplicação dos recursos públicos. 

“O Programa de Compliance Público significa a internalização de uma nova cultura na administração pública, com ganhos em redução de custos dos contratos públicos, retenção de recursos em serviços contratados, mas eventualmente não prestados de forma adequada e em muitas outras situações”, afirmou Luís Crispim. Ele reforçou que o PCP, coordenado pela Controladoria e em andamento em todos os órgãos do Governo Estadual, é estruturado em quatro eixos, quais sejam Ética, Transparência, Responsabilização e Gestão de Riscos. Neste último, o mais relevante é que os servidores são capacitados para detectar e evitar possíveis riscos de gestão e desvios, barrando prejuízos futuros ao erário público. 

A capacitação de servidores para o Programa de Compliance Público é realizada de forma continuada. No momento as inscrições estão abertas para novas etapas. Os interessados podem se candidatar acessando o site da Escola de Governo (escoladegoverno.go.gov.br), no link Portal do Aluno.

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.