Emenda de Amauri Ribeiro destina R$ 2 mi para o Araújo Jorge

Em entrevista ao TBC2, deputado contou que primeira parcela de R$ 1 milhão havia sido destinada à instituição de saúde em 2019; e agora a segunda parcela de igual valor acaba de ser liberada

Foto do deputado estadual Amauri Ribeiro no estúdio do TBC2 com os apresentadores Danuza Azevedo e Guilherme Rigonato

Em entrevista no estúdio do TBC2, o deputado Amauri Ribeiro (Patriota) anunciou nesta quinta-feira, 15, que foi liberada a segunda parcela de R$ 1 milhão, de um total de R$ 2 milhões, da emenda parlamentar de sua autoria que beneficia o Hospital Araújo Jorge, de Goiânia. O objetivo é apoiar a unidade de saúde na prestação de atendimento médico a pessoas com câncer.

O parlamentar conversou com os apresentadores do telejornal, Danuza Azevedo e Guilherme Rigonato. Ele considerou a liberação da segunda parcela do recurso financeiro como “uma boa notícia”. E informou que, no ano passado, já havia conseguido destinar também R$ 1 milhão para o Araújo Jorge. Os recursos são aplicados na compra de equipamentos para o tratamento da doença.

Amauri destacou a importância do hospital no atendimento a pessoas carentes. E lembrou que o Araújo Jorge nunca havia recebido dinheiro de emenda parlamentar de deputados estaduais antes, para a compra de equipamentos. “Foi a primeira vez”, disse.

Decisão

Ele explicou que a decisão de beneficiar o Araújo Jorge com uma emenda parlamentar de sua autoria foi tomada após uma visita realizada à unidade de saúde no ano passado. Naquela ocasião, estava sendo realizada uma campanha para arrecadar fundos destinados à aquisição de um equipamento de tratamento de câncer infantil.

Geralmente os deputados costumam destinar os recursos de suas emendas parlamentares para obras de infraestrutura em suas regiões. Entretanto, Amauri Ribeiro ponderou que, com sua emenda, consegue atender todos os 246 municípios goianos, pois os moradores do Estado procuram o Araújo Jorge quando necessitam de tratamento médico contra o câncer.

Confira a entrevista do primeiro bloco:

O agronegócio e a produção de leite foram o assunto do segundo bloco da entrevista com o deputado estadual Amauri Ribeiro. “O agro sustenta esse país, e nesse momento de pandemia foi o que segurou a nossa economia”, observou. Ele comentou que a agricultura irrigada necessita de água e destacou a necessidade de se cuidar das nascentes.

O parlamentar, que atua em prol dos produtores goianos de leite, reclamou que os custos de produção do setor aumentaram muito, enquanto os laticínios querem reduzir o valor pago aos pecuaristas, sem diminuir o preço do leite nas prateleiras (dos supermercados). Alertou que, se a produção leiteira não for viável economicamente, existe o risco de o pecuarista começar a vender suas vacas leiteiras para os frigoríficos, caso o preço pago pela carne se mostre mais vantajoso. Dessa forma, Goiás pode registrar queda na produção de leite.

Veja a entrevista do segundo bloco na íntegra:

No terceiro bloco da entrevista, o deputado elogiou o trabalho desenvolvido pelo Centro de Operações de Divisas (COD) da Polícia Militar, “responsável por 70% de todas as apreensões de drogas ocorridas no Estado de Goiás”.

Ele comentou ainda sua sugestão de que todos os deputados estaduais se unam visando destinar recursos, por meio de uma emenda parlamentar conjunta, para a instalação de centros de hemodiálise no interior do Estado. Citou que, principalmente no Norte de Goiás, “as pessoas viajam cerca de 600 quilômetros para vir a Goiânia, e igual distância para voltar, sem contar que ficam quatro, cinco, seis horas em uma máquina de hemodiálise”.

Confira o terceiro bloco na íntegra:

ABC Digital

Utilizamos cookies essenciais e tecnologicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.